Fundação FEAC incentiva e mobiliza entidades parceiras para a campanha “Eu ajudo na lata”

Para cuidar do planeta e ajudar quem precisa. Com este slogan, a Unimed promove nacionalmente a campanha “Eu ajudo na lata”, que é desenvolvida pelas unidades da cooperativa em várias regiões do país. O objetivo é mobilizar a população para a arrecadação de lacres que podem contribuir com a acessibilidade de pessoas com deficiência motora ou que tenham doenças que impeçam a mobilidade.

Para incentivar ainda mais a arrecadação dos anéis de alumínio em Campinas/SP, a Fundação FEAC passou a ser um ponto de coleta da campanha para instituições sociais que integram sua rede de parceiras. O objetivo é que as 77 entidades e suas 132 unidades de atendimento juntem os lacres e os entreguem na FEAC. É uma oportunidade que as organizações da sociedade civil terão de estimular a cidadania ativa do público por elas atendido. Todo esse processo está sendo liderado pelo Conselho da Federação das Entidades Parceiras (CFEP), que responde pela mobilização das instituições.

“Esperamos que as entidades se solidarizem e participem da campanha que envolve a criação do hábito de recolher os lacres. É um simples ato que vai ajudar alguém, que não necessariamente será da entidade que está fazendo a doação do material. É uma ação social coletiva”, afirmou Hamilton Ribeiro Junior, presidente do CFEP. A campanha está sendo divulgada e incentivada pelo Comitê de Trabalho em Rede, que compõe o CFEP.

Doações

A campanha “Eu ajudo na lata” recolhe lacres de alumínio que devem ser depositados em garrafas PET de 2 litros. Quando 200 garrafas cheias são coletadas, o material é vendido e feita a compra de uma cadeira de rodas, que é doada a instituições sociais.

Para viabilizar a campanha, a Unimed já tem estabelecidas parcerias com a empresa que compra os lacres – que paga por eles um preço acima do praticado no mercado – e com o vendedor das cadeiras – que facilita a compra com preços mais acessíveis.

Em todo o Brasil, 167 unidades da Unimed participam do “Eu ajudo na lata” atualmente, contabilizando 256 cadeiras de rodas adquiridas por meio de 16.258 quilos de alumínio que equivalem a 46.202.500 lacres. Em Campinas, pelo menos 25 cadeiras de roda já foram doadas por meio da campanha local. Ao longo do tempo foram recolhidas cerca de 1120 garrafas pet equivalentes a 874 quilos de lacre.

Todos os cidadãos, empresas, instituições podem participar da campanha. Os lacres devem ser entregues na sede da Unimed para serem vendidos e, posteriormente, revertidos na aquisição de cadeiras de rodas.

São os próprios doadores de lacres que indicam as entidades de assistência social que podem receber as doações de cadeiras de rodas. Antes da definição da doação, é feita uma visita pela equipe da Unimed que verifica a necessidade do equipamento pela instituição.

A entrega é feita pela equipe da Unimed e os parceiros da campanha e pode ser acompanhada pelo público que doou o material. Em Campinas, 21 instituições assistenciais, como Associação Esperança e Vida e Sorri Campinas, entidades parceiras da Fundação FEAC, já foram beneficiadas com doações de cadeiras de rodas.

Saiba mais sobre o “Eu ajudo na lata”: aqui

FacebookTwitterLinkedInGoogle+