Diálogo Nacional “Garantindo que ninguém ‘fique para trás’ na implementação dos ODS” lança pesquisa

Mais de 190 países no mundo, incluindo o Brasil, têm um grande desafio para os próximos 15 anos: implementar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma agenda holística adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável no ano passado, composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030.

Nesta agenda estão previstas ações mundiais nas áreas de erradicação da pobreza, segurança alimentar, agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero, redução das desigualdades, energia, água e saneamento, padrões sustentáveis de produção e de consumo, mudança do clima, cidades sustentáveis, proteção e uso sustentável dos oceanos e dos ecossistemas terrestres, crescimento econômico inclusivo, infraestrutura, industrialização, entre outros.

Para que seja possível sua implementação, iniciativas estão sendo desenvolvidas num esforço conjunto para identificar os grupos mais vulneráveis e que correm o risco de serem esquecidos durante o processo de implementação dos objetivos.

Entre essas ações, acaba de ser lançada a campanha “Diálogo Nacional: Garantindo que ninguém ‘fique para trás’ na implementação dos ODS”. Tais diálogos acontecerão em 30 países até o final do ano, com o apoio da CIVICUS e grupos de parceiros nacionais que, no Brasil, são: ABONG, CIVICUS, Datapedia, Estratégia ODS e Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS).

A proposta é consultar grupos da sociedade civil que trabalham com populações vulneráveis, em diversos contextos, mas sobretudo aquelas que vivem em comunidades pobres e que enfrentam alto risco de violência e discriminação, para identificar suas perspectivas e demandas, a fim de trabalhar por uma implementação inclusiva e justa dos ODS.

O primeiro passo para isso é a realização de uma pesquisa. Os interessados em colaborar podem acessar o questionário e preencher as informações solicitadas. O resultado desse mapeamento será compartilhado com as entidades entrevistadas, bem como representantes do setor público e da sociedade brasileira. A CIVICUS também divulgará os resultados em suas redes globais e regionais.

A pesquisa deve ser preenchida até o dia 06 de novembro (clique aqui).

Novo site

Para trazer mais subsídios sobre o tema, foi lançada a plataforma interativa da Agenda 2030. O site traz acesso a dados, canais de participação e informações gerais para o acompanhamento das ações orientadas ao cumprimento dessa agenda global.

Na plataforma, é possível saber detalhes de cada um dos ODS, o que pode colaborar, inclusive, no preenchimento da pesquisa da campanha.

FacebookTwitterLinkedInGoogle+