Outras experiências

Os Indicadores GIFE de Governança foram construídos tendo por base a consulta à bibliografia especializada e às experiências nacionais e internacionais de guias sobre governança e de ferramentas de autoavaliação que tratam, exclusivamente ou não, desse tema. Em cada experiência analisamos seus princípios norteadores e objetivos, as orientações ou indicadores apontados e as metodologias de cálculo e apresentação de resultados, quando existentes.

Indicadores de Transparencia y buen gobierno, Coordinadora de ONG para el Desarrollo-España

http://coordinadoraongd.org/contenidos/transparencia-y-buen-gobierno.html

Ferramenta desenvolvida pela Coordinadora de ONG para el Desarrollo-España que apresenta uma listagem de indicadores objetivamente verificáveis sobre transparência e governança para organizações da sociedade civil membros da Coordinadora. A iniciativa estabelece ainda procedimentos para a verificação do cumprimento dos indicadores por auditores. Trata-se de um exercício de autorregulação que tem por objetivo promover a transparência e a boa governança entre as organizações membros – estabelecendo parâmetros que o setor identifica como boas práticas – e realizar um exercício público de prestação de contas.

Guia Buen Gobierno y Buenas Prácticas de Gestión, Associación Española de Fundaciones

http://www.fundaciones.org/es/home_noticia?id=cw4def37b464a6d

Conjunto de recomendações para auxiliar as fundações a redigir, de forma voluntária, suas próprias normas de bom governo e boas práticas em complementação ao estabelecido em seus estatutos. O documento, desenvolvido pela Associación Española de Fundaciones, apresenta, assim, uma série de princípios que podem contribui para uma melhor gestão e transparência entre as fundações. O objetivo é estabelecer um guia para as organizações que desejem regular esses aspectos, adaptando as orientações a suas especificidades e seguindo o caráter voluntário da autorregulação.

Guia 36 principios de transparência y buen gobierno, Fundación Compromiso y Transparencia

http://www.compromisoytransparencia.com/conocimientos/guias-de-gobierno/index_1.html

Relatório produzido pela organização espanhola Fundación Compromiso y Transparencia que agrupa e explica de maneira sistemática as principais recomendações sobre as práticas de transparência e bom governo aplicáveis às organizações da sociedade civil. Faz parte de uma coleção de guias sobre governança desenvolvidos pela organização. É dirigida especialmente a conselhos. Com o objetivo de incentivar a prestação de contas, o Guia sugere que as organizações informem como estão cumprindo suas recomendações.

Accountability Self-Assessment Tool, Philanthropy Network Greater Philadelphia

http://www.philanthropynetwork.org/?page=goodgov

Ferramenta de autoavaliação que ajuda as fundações a se assegurar de que estão cumprindo as principais leis federais dos Estados Unidos e a avaliar o quanto estão aderindo às boas práticas recomendadas em relação a accountability, ou seja, em relação a sua prestação de contas para a sociedade e a sua responsabilização pelo que desenvolvem e pela forma como atuam. A ferramenta, desenvolvida pela Philanthropy Network Greater Philadelphia, é composta por três partes: um questionário de autoavaliação sobre sua accountability, uma planilha de Excel para que as organizações possam tabular suas respostas e computar seus resultados e um checklist para a verificação de sua conformidade legal. O questionário de autoavaliação abarca nove sessões. Além da governança, são abordadas as seguintes áreas temáticas: comunicação e divulgação, doações realizadas a outras organização (grantmaking), finanças, administração, recursos humanos, políticas públicas (financiamento e lobbying), missão e estratégia e avaliação da atuação.

Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), BM&F Bovespa, GVces e KPMG

http://www.isebvmf.com.br/index.php?r=site/conteudo&id=1

Ferramenta da BM&F Bovespa em parceria com o Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) e KMPG, o ISE possibilita a análise comparativas da performance das empresas listadas na BM&F Bovespa em relação a aspectos de sustentabilidade corporativa. Apesar de não tratar especificamente de organizações da sociedade civil, e sim de empresas, a consulta ao ISE se mostrou relevante tanto pela aproximação com a realidade brasileira, quando pela consulta a estrutura do questionário e proposta de cálculo.

Indicadores Ethos para Negócios Sustentáveis e Responsáveis, Instituto Ethos

http://www3.ethos.org.br/conteudo/iniciativas/indicadores/#.Vu8PvJwrLIU

Ferramenta de gestão desenvolvida pelo Instituto Ethos, que avalia o quanto a sustentabilidade e a responsabilidade social empresarial (RSE) têm sido incorporadas nos negócios, auxiliando a definição de estratégias, políticas e processos. Ela tem por objetivo ajudar as empresas a incorporar sustentabilidade a RSE em suas estratégias de negócio. Considerando que a ferramenta trata de empresas e não de organizações da sociedade civil, a consulta aos Indicadores Ethos, mostrou-se relevante pelos mesmos motivos da consulta ao ISE: pela aproximação com a realidade brasileira e pela consulta a estrutura do questionário e

FacebookTwitterLinkedInGoogle+