Instituto João e Maria Backheuser aposta na educação para promover transformação social

Conhecer as tendências, as novidades e os desafios atuais dos investidores sociais durante o Congresso GIFE de 2014 foi o ponto de virada para que o Instituto João e Maria Backheuser – novo associado do GIFE – decidisse mudar os rumos da sua atuação, de maneira a promover mais impacto na cidade de Casimiro de Abreu, no Rio de Janeiro, local em que atua desde 2007.

“Foi neste Congresso que começamos a entender que o ISP era encarado realmente como algo que deve gerar resultados e que era possível fazer muitas iniciativas boas sem, necessariamente, termos o nosso próprio projeto”, comenta Anna Maria Lessa Backheuser, diretora presidente do instituto familiar. A instituição realizava, até então, o Projeto Semeando a Educação, com atividades educacionais, culturais e sociais no contraturno escolar, complementando o aprendizado ministrado no primeiro segmento do Ensino Fundamental. Mais de 600 alunos da rede pública participam das ações em três unidades na cidade.

“Tínhamos depoimento dos pais destas crianças dizendo o quanto a participação no projeto tinha mudado a vida de seus filhos, que tinha sido uma oportunidade incrível, valorizando de fato a educação. Porém, nesse momento, começamos a nos questionar sobre a ação que vínhamos desenvolvendo e percebemos que, para promovermos a mudança na educação que tanto queríamos, era preciso investir nos professores. São eles que de fato transformam essas crianças. E, para dar sustentabilidade à ação, fomos buscar parceria com a Secretaria Municipal de Educação”, conta Anna.

Nascia assim, em 2015, o Projeto TransFormar, realizado em conjunto com a organização CEDAC e a prefeitura da cidade. Trata-se de uma formação continuada de professores e gestores visando o aprimoramento da gestão do sistema educacional e a performance do corpo docente do Ensino Infantil e Fundamental do município. As atividades acontecem mensalmente, durante uma semana. Entre os encontros, os participantes recebem acompanhamento regular via ferramentas digitais.

A aposta nesta nova configuração de trabalho trouxe resultados efetivos para a melhoria da qualidade da educação de Casimiro. O resultado do último IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) foi o maior da história do município, superando e muito o resultado anterior.

“Foi um retorno muito gratificante, pois a Secretaria de Educação destacou que o trabalho que temos feito ajudou a cidade a alcançar esse índice. Inclusive, no primeiro ano do TransFormar, apoiamos também a secretaria num projeto para diminuir a distorção idade-série e foi possível atingir a meta. Temos um trabalho cada vez maior em parceria. Percebemos que os profissionais estão empolgados, querem aprender, participar e melhorar sua atuação. Ficamos felizes em ver que estamos podendo ajudar a transformar de fato essa educação”, ressalta a diretora do Instituto.

Para 2017, a organização terá também outras novidades. Tem início neste mês uma nova iniciativa no TransFormar para promover o fortalecimento da relação escola-família. Serão promovidos vários encontros entre a equipe do projeto e as escolas, a fim de auxiliá-las na criação de novas metodologias para as reuniões com as famílias dos estudantes. Serão quatro encontros ao longo do ano.

Com a participação agora também na rede GIFE, o Instituto quer ter a oportunidade de compartilhar seus aprendizados e trocar experiências com outros investidores sociais, a fim de conhecer novas iniciativas.

FacebookTwitterLinkedInGoogle+