Novo edital Fundação BB/Copasa prevê recuperação de microbacias hidrográficas em Minas Gerais


Quatro tecnologias sociais podem ser reaplicadas em 111 cidades mineiras

Uma parceria entre a Fundação Banco do Brasil e a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) irá habilitar entidades sem fins lucrativos para replicarem tecnologias sociais em 111 municípios mineiros por meio de edital de credenciamento. A iniciativa visa promover ações de conservação e recuperação de nascentes e mananciais no estado.

Os recursos previstos no edital são de R$ 2 milhões para dar continuidade ao Pró-Mananciais, programa de proteção e conservação de mananciais utilizados pela empresa mineira no abastecimento da rede pública.

A reaplicação de quatros tecnologias sociais estão previstas no edital. São elas: 1) SAF – Sistemas Agroflorestais(uso ou manejo da terra que reúnem culturas agrícolas e espécies arbóreas, de maneira consorciada e que serve de base para a agricultura orgânica); 2) Biodigestor Sertanejo (produção de gás a partir de esterco animal), 3) Fossa Séptica TeVap (tratamento e disposição final dos dejetos do vaso sanitário domiciliar) e 4) Cisterna Ferrocimento (alternativa usada na captação e armazenamento de água da chuva). As quatro iniciativas integram o Banco de Tecnologias Sociais (BTS) – um acervo on-line que reúne atualmente 1.110 metodologias certificadas pela Fundação BB desde 2001. Acesse o BTS aqui.
As entidades interessadas devem ficar atentas ao prazo de inscrições, que ficará aberto até às 18 horas de 23 de setembro de 2019, para recebimento das propostas na Fundação BB, em Brasília (DF).

As localidades onde serão reaplicadas as tecnologias sociais foram indicadas pela Copasa e estão relacionadas com as bacias hidrográficas de cada região do estado de Minas Gerais. Para ser contemplada, a entidade precisa comprovar capacidade técnica para atuar em reaplicação das tecnologias sociais ou similares às propostas no edital.

Sobre o Pró-Mananciais

O Pró-Mananciais foi desenvolvido pelo governo de Minas Gerais por meio da Copasa. Entre as diversas atividades desenvolvidas, estão o cercamento de nascentes, plantio de mudas nativas em mata ciliar e implantação de bacias de contenção de enxurradas. O Pró-Mananciais vai além do cumprimento dos requisitos legais e regulamentares, ele estimula a pró-atividade, a responsabilidade social, a criatividade e o protagonismo a partir da formação de agentes locais transformadores, cujo trabalho integrado às políticas públicas locais amplia os resultados do Programa

Leia o edital completo aqui.

Related news

Relatório de Atividades da Fundação BB apresenta resultados sociais de 2018

Nesta quarta-feira, 27 de março, a Fundação BB divulga o Relatório de Atividades de 2018. O documento traz a prestação de contas do último exercício e contempla as principais realizações e projetos. O documento integra a prestação de contas anual da instituição, destacando as realizações do investimento social, o planejamento estratégico e a gestão interna. É também um importante instrumento de comunicação com a sociedade.

Mulheres que atuam na Agroecologia irão receber premiação especial no Prêmio de Tecnologia Social da Fundação BB

Uma das principais premiações do terceiro setor no país, organizada pela Fundação Banco do Brasil, está com inscrições abertas até o dia 21 de abril para receber propostas do Brasil, da América Latina e do Caribe. O Prêmio Fundação BB de Tecnologia Social reconhece e certifica iniciativas como boas práticas  e que podem ser reaplicadas em todas as localidades do país.

Apoio institucional