Rede Brasil do Pacto Global lança publicação com exemplos de projetos do setor privado em prol dos ODS

Dentro da programação da 73ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), realizada em setembro de 2018 em Nova York, a Rede Brasil do Pacto Global realizou o SDGs in Brazil – The Role of the Private Sector (em tradução livre, ODS no Brasil – O Papel do Setor Privado). O evento promoveu a discussão sobre como as empresas brasileiras podem ajudar na implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – Sustainable Development Goals (SDG), em inglês.

Com a participação de investidores, representantes das agências da ONU e grandes nomes do setor privado brasileiro e mundial, a reunião contou com a apresentação de cases e projetos de destaque na implementação dos ODS no Brasil. Uma comissão de jurados avaliou mais de 80 projetos inscritos e chegou a um conjunto de 19, que foram transformados na publicação “SDGs in Brazil – The Role of the Private Sector”, apresentados durante o evento em Nova York.

Hoje em dia, a Rede Brasil do Pacto Global é a terceira maior rede do Pacto Global no mundo. Criada em 2000 pelo então secretário-executivo da ONU, Kofi Annan, a Rede reúne empresas com o objetivo de alinhar suas estratégias e operações a princípios universais nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção, e desenvolver ações que contribuam para o enfrentamento dos desafios da sociedade.

Na seleção de projetos, a PwC Brasil, signatária  do Pacto Global, utilizou critérios como alinhamento estratégico, transversalidade, criação de valor, relevância, abrangência do impacto, facilidade de adaptação para outros contextos, existência de parcerias público/privada na execução das ações e incorporação dos ODS e metas.

O documento apresenta os 19 cases a partir de uma breve introdução e seus resultados, de forma a inspirar outros atores do setor privado a avaliarem suas práticas e adotarem novas medidas em prol dos ODS. Os projetos dividem-se nas áreas comunicação e sustentabilidade, educação, florestas, clima e agronegócio, água e saneamento, empresas e direitos humanos, o futuro das cidades e oceanos. Alguns deles são desenvolvidos por empresas que têm sua área de Responsabilidade Social, instituto ou fundação associada ao GIFE como B3, Votorantim, CPFL Energia, AEGEA, Estre Ambiental, Banco Santander Brasil, EDP e Vale.

O projeto Novo Ciclo, da Danone, por exemplo, propõe o desenvolvimento de cooperativas de reciclagem em São Paulo e Minas Gerais, buscando melhorar a condição de trabalho e renda dos catadores, além de promover educação ambiental, coleta seletiva e economia circular. Hoje são mais de 76 cooperativas e 1300 pessoas envolvidas, que coletaram 35 mil toneladas em 2017.

A MRV Engenharia, por sua vez, apostou em um projeto de alinhamento com os ODS para toda a companhia, que está presente em todas as regiões do Brasil. Já a Queiroz Galvão Exploração e Produção (QGEP), que atua em oito bacias petrolíferas na costa do Brasil, criou o Programa Parcerias e Conhecimento em Prol do Mar Brasileiro para prevenir e mitigar eventuais impactos de suas atividades no ambiente marinho e costeiro onde atua.

Todos os cases podem ser consultados no PDF, disponível na íntegra neste link.

Notícias relacionadas

Plataforma ODS e atuação em rede é tema na Jornada ISP

A Jornada ISP, realizada entre os dias 29 e 30 de novembro foi organizada em duas trilhas temáticas. O segundo dia, “Promoção do Desenvolvimento Sustentável”, discutiu questões relacionadas aos desafios e à implementação da Plataforma de Filantropia das ODS Brasil.

Rede de Investidores do Interior Paulista discute estratégias para atuação em rede e traça planos para 2019

O dia 7 de dezembro marcou a realização da reunião de encerramento do ano de 2018 da Rede de Investidores (RIS) do Interior Paulista. Realizado na Fundação Romi, em Santa Bárbara d’Oeste, no interior de São Paulo, o encontro teve como objetivo fazer uma retrospectiva dos encontros de 2018, pensar sobre as agendas prioritárias para 2019 e debater o tema principal do dia: atuação em rede.