Assembleia aprova reforma do processo eleitoral do GIFE

A Assembleia Anual Geral do GIFE aprovou na manhã do dia 27 de junho, por unanimidade, a reforma do processo de eleição de conselheiros (Fiscal e de Governança) do GIFE, que prevê mais transparência nos mecanismos de formação de chapa para candidatura.

No evento, que contou com a participação de 59 associados, além do novo estatuto, foram aprovadas também as demonstrações financeiras relativas a 2011, tal como os pareceres do Conselho Fiscal e dos auditores independentes. Em seguida, foram apresentados o Plano de Ação de 2012 – e o Plano realizado em 2011 -, o Relatório de Atividades 2011 e os resultados do Congresso 2012 (www.congressogife.org.br).

A Assembleia Geral Anual do GIFE foi presidida pelo diretor superintendente da Fundação ArcelorMittal Brasil, Leonardo Gloor, e realizada no auditório do IBOPE, em São Paulo.

Eleição
A reforma do processo eleitoral era uma das principais áreas de trabalho da chapa eleita para a gestão 2011-2013 e propõe, em resumo:

 O Conselho de Governança passa a ter limite máximo de três mandatos consecutivos de dois anos para cada conselheiro (atualmente não existe limitação).

 O Conselho Fiscal passa a ser eleito em ano alternado ao de Governança, por votação direta em até três candidatos.

 A Assembleia Geral Anual passa a ser convocada por e-mail.

Segundo o secretário-geral do GIFE, Fernando Rossetti, a reforma eleitoral aprimora os processos de governança do GIFE, mantendo a organização alinhada com as práticas mais atuais de nosso setor.

Pareceres são aprovados

O parecer produzido pelo Conselho Fiscal foi aprovado pelos associados presentes na Assembleia, após a análise da auditoria realizada pela KPMG Auditores Independentes, exibido pela gerente administrativo-financeira do GIFE, Marisa Ohashi. Segundo ela, o GIFE apresentou R$ 303.446 de déficit no exercício do ano passado, mantendo o equilíbrio orçamentário do biênio (2010-2011).

Marisa informou também aos presentes duas importantes mudanças no Fundo Patrimonial em 2011. A primeira se refere à realocação para fundos de maior rentabilidade, mantendo os recursos e investimentos em renda fixa de baixo risco. O segundo ponto foi o resgate do fundo para a criação da área de advocacy do GIFE, autorizada pelo conselho de governança, com compromisso de restituição até 2014.

Veja o documento completo Demonstrações Financeiras.

Novos Associados
Os associados presentes também deram boas-vindas às organizações que passaram a fazer parte da Rede GIFE, no último ano, apresentados pela gerente de relacionamento do GIFE, Ana Carolina Velasco. Veja apresentação.
Fundações:
Maria Cecilia Souto Vidigal, FEAC, John Deere, Carlos Chagas, Jaime Câmara e André Maggi.

Institutos:
Asas, Cyrela, ABCD, Renault, Próunim – Unimed Cuiabá, Jama e Pepsico.

Associações:
Childhood Brasil.

Empresas:
BG Brasil, SAP, Editora FTD, Banco J.P.Morgan e Eletrobrás.

Desfiliações:
141 Soho Square, AES Brasil, Comgas, Fundação Demócrito Rocha, Instituto Medial Saúde e Instituto Vivo.

Com esses processos, o GIFE chega hoje a 142 associados. “Além do crescimento em número, nossa rede se tornou mais diversificada com o aumento na filiação de organizações familiares e independentes, além dos associados empresariais”, acrescentou Ana Carolina.

 

Apoio institucional