Centro Lemann para o Empreendedorismo e Inovação na Educação Brasileira promove seminário internacional

No dia 04 de agosto será promovido em São Paulo o 4º Seminário Internacional do Centro Lemann para o Empreendedorismo e Inovação na Educação Brasileira. O Centro foi inaugurado em 2012, em Stanford (EUA) a fim de realizar pesquisas e propor soluções inovadoras para acelerar os avanços no setor. Ele oferece ainda bolsas de estudos para brasileiros em programas de mestrado e doutorado, na Escola de Educação. Ao final de dez anos, serão cerca de 150 brasileiros formados em educação em Stanford, podendo voltar ao Brasil e contribuir para os desafios que o país ainda enfrenta nesse campo.

Todos os anos, a instituição realiza um seminário internacional no qual os professores do Centro e seus convidados apresentam estudos inéditos e propõem um diálogo com atores de liderança na educação brasileira, como pesquisadores, gestores, professores e empreendedores da área.

“A Fundação Lemann acredita que é muito importante contribuir para o desenho e a implementação de políticas educacionais efetivas que, de fato, cheguem às salas de aula. Para isso, apoiamos a produção de pesquisas de qualidade sobre educação no Brasil. O Centro Lemann conta com quatro professores da Escola de Educação de Stanford, que estão produzindo estudos inéditos, rigorosos e inovadores sobre educação no Brasil. Acreditamos que essas pesquisas vão trazer subsídios para que políticos, secretários de educação e tomadores de decisão em geral possam desenhar políticas cada vez melhores no país”, destaca Camila Pereira, diretora de Políticas Educacionais.

Segundo Camila, o seminário deste ano terá como foco central a implementação efetiva de políticas educacionais, tendo em vista os enormes desafios nesse campo. “Não basta desenhar boas políticas. É preciso prever mecanismos e acompanhamento que garantam a boa implementação do que está desenhado na política. Sem isso, muita coisa acaba ficando no papel ou se perdendo nos desafios concretos do dia a dia das redes de ensino e das escolas. Os professores do Centro e os convidados que virão com eles esse ano para o evento, têm muito conhecimento e experiência nesse tema. Certamente, poderão contribuir bastante para o debate no Brasil’, acredita a diretora.

Nesta quarta edição do evento, a primeira mesa de debate irá discutir a respeito das reformas educacionais, com a apresentação de políticas educacionais que funcionam e o caso da base curricular comum norte-americana.

Em seguida, a discussão será a respeito do “Big Data” na educação: como usá-la para avaliar o aprendizado complexo e o papel de Big Data na transformação da avaliação e do currículo escolar. Já na parte da tarde, o debate será a respeito da formação de professores. Na ocasião, Linda Darling-Hammond (por vídeo conferência) irá falar sobre o que os professores deveriam aprender e ser capazes de fazer e, Rachel Lotan, irá discutir sobre como formar professores de excelência.

O encontro será promovido no Teatro da FAAP (Rua Alagoas, 903 – Higienópolis, São Paulo). As inscrições podem ser feitas pelo formulário (clique aqui).

A Fundação irá ainda fazer uma edição mais curta do evento também em Brasília, no dia 05, em parceria com o Ministério da Educação.

Apoio institucional