Chamada busca novos negócios para o clima

Até 3 de maio estão abertas as inscrições para a Competição de Ideias de Negócios Verdes ClimateLaunchpad 2020. A chamada tem como objetivo atrair, selecionar e fomentar ideias e negócios em estágio inicial que tenham impacto positivo no clima. 

A iniciativa da ClimateLaunchpad, competição mundial de ideias de negócios verdes, é correalizada pela Climate Ventures e, no Brasil, conta com apoio do Instituto Clima e Sociedade (iCS) e Pipe.Social. 

Temáticas

Por se tratar de um tema amplo, iniciativas que estejam relacionadas a diversos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) podem participar. Serão aceitos negócios em estágios iniciais (com menos de um ano de atuação) que trabalhem com os temas: gestão da água, gestão de resíduos, agropecuária, energia, logística, uso do solo e florestas e regeneração. 

Em gestão da água, por exemplo, a chamada inclui iniciativas que trabalhem com sistemas de monitoramento e aproveitamento das águas pluviais. Já em energia, estão incluídas propostas de geração, eficiência, distribuição e os diversos tipos de energia (solar, eólica, bioenergia e outras). 

Em uso do solo e florestas, podem participar atividades de recuperação, conservação, manejo, cultivo, extrativismo e silvicultura. 

Seleção 

Para participar do processo de aceleração, os proponentes deverão apresentar bons resultados nos critérios: habilidades do empreendedor e da equipe, clareza da solução e alinhamento com o propósito da chamada, grau de inovação, diferencial em relação a concorrentes, potencial de crescimento e desafios socioambientais solucionados. 

Ao final do processo de seleção, serão escolhidas até 12 propostas para participar do programa Climate Launchpad Brasil, composto por três etapas: um treinamento de dois dias para desenvolvimento do modelo de negócios e pitch em inglês, sessões de mentorias customizadas para ajudar com as demandas mais urgentes de cada negócio e a apresentação dos pitches para uma banca de jurados da Rede Climate Ventures. 

Entre os critérios que serão usados para selecionar os finalistas estão: negócio e potencial de mercado, potencial de criação de empregos e impacto social, inovação e potencial tecnológico, impacto na mudança climática, força e composição do time de trabalho e qualidade do pitch

As finais estão previstas para acontecer em agosto, em São Paulo. O grupo concorrerá ainda a duas vagas para competir na final global do ClimateLaunchpad 2020, que será realizada no final do ano. 

Inscrições 

Os interessados em participar devem realizar a inscrição até 3 de maio mediante preenchimento do formulário no site da Pipe.Social. Todas as regras da chamada estão no regulamento

Apoio institucional