Com investimento em desenvolvimento local e educação, ISA CTEEP é nova associada GIFE

 

Operar, manter e expandir sistemas de transmissão de energia elétrica com excelência na prestação de serviços é a missão da ISA CTEEP – Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista, mais nova associada GIFE. 

Apesar de atuar com esse título desde 2006, a empresa iniciou suas atividades no Brasil em 1999 quando, em razão do programa de privatização do governo estadual, acumulou ativos da Companhia Energética de São Paulo (CESP) e incorporou a Empresa Paulista de Transmissão de Energia Elétrica (EPTE). 

Depois de sua privatização em 2006 e aquisição do controle da companhia pelo grupo empresarial multilatino ISA, hoje, a ISA CTEEP está presente em 17 estados brasileiros, o que a faz responsável pela transmissão de aproximadamente 25% da energia produzida no país, 60% da energia consumida na região sudeste e quase 100% da energia do estado de São Paulo. 

Elizabeth Campos, gerente de Comunicação e Sustentabilidade, explica que, em 2016, a empresa passou por um grande processo de reposicionamento e revisão da estratégia por entender que um propósito voltado somente ao negócio não atende aos desafios globais. “A partir dessa compreensão, refletimos e definimos um novo propósito, que é deixar um legado para as próximas gerações, baseado nas vertentes educacional e ambiental”, afirma. 

O novo propósito acarretou a elaboração de um manifesto, composto por oito frases que traduzem o espírito de conexão – de fontes geradoras a receptoras de energia para a conexão entre pessoas. Além disso, também está no escopo a estratégia ISA 2030, que conta com quatro pilares para guiar as ações da empresa: V, de verde; I, de inovação; D, de desenvolvimento e A, de articulação, quatro letras que formam a palavra V.I.D.A. 

Objetivos e pilares  

Atualmente, um conjunto de objetivos guia as ações da empresa. Entre eles estão: gerar benefício para projetos sociais de alto impacto, que a companhia seja vetor de articulação para o desenvolvimento social e ambiental com o estabelecimento de alianças para desenvolver projetos sociais ou ambientais e compensação de gases de efeito estufa com aposta em projetos com metas de compensação superiores às emissões que a companhia faz. 

Para que essas metas sejam atingidas, foram definidos alguns pilares de atuação: jovens, desenvolvimento local e meio ambiente. 

Projetos 

O Energia Solidária, programa de voluntariado da ISA CTEEP, divide-se em algumas frentes: campanhas internas da empresa – como campanhas do agasalho entre funcionários da companhia, participação em ações sociais dos projetos que a empresa apoia – como o envolvimento de funcionários em eventos promovidos por organizações apoiadas pela ISA CTEEP e realização de trabalho pró-bono. 

“Além de mobilizar colaboradores, o programa de voluntariado aumentou significativamente nosso escopo. Às ações de mobilização como campanhas, somamos uma vertente de interação com nossos projetos sociais, pois não queremos apenas aplicar recursos financeiros em um projeto, e sim que haja cada vez mais interação com esses projetos”, explica Elizabeth. 

Com um viés mais técnico, o programa Conexão Jaguar também recebe investimentos da empresa. Objetivando a preservação e proteção ambiental, o programa acontece em áreas que são corredores da onça pintada e coincidem com as linhas de transmissão de energia. Cada área recebe aportes para certificação de créditos de carbono, que podem ser comercializados e o recurso reinvestido em conservação do meio ambiente. 

“À medida que há recuperação do habitat e o aumento da população de onças pintadas, há um ecossistema equilibrado. Esse animal é, na verdade, um símbolo para o que nós queremos: ter ecossistemas equilibrados que podem mitigar os efeitos das mudanças climáticas. Além dos componentes ambientais, o processo de certificação de créditos de carbono tem componentes sociais, de desenvolvimento da renda local e de conscientização, para que a população entenda o quanto a preservação do ambiente e da própria onça pode gerar mais recursos do que eliminá-la. E em paralelo a isso, quando atuamos com o Conexão Jaguar, também levamos projetos de desenvolvimento social”, afirma Elizabeth.

Já o programa Amigos da Energia, criado com o objetivo de conscientizar a população sobre a vivência em espaços onde há linhas de transmissão e os riscos envolvidos, foi absorvido por outro setor, que trata sobre educação ambiental. Essa vertente foi substituída pelo Conexões para o Desenvolvimento, programa ainda em fase de concepção, mas que terá como objetivo levar elementos de desenvolvimento educacional para populações urbanas brasileiras em situação de vulnerabilidade. 

Associação ao GIFE 

Elizabeth relaciona a associação ao GIFE diretamente à letra A, de articulação, da palavra V.I.D.A da estratégia ISA 2030. Segundo a gerente, o GIFE é um espaço que congrega outros atores que podem ser parceiros da ISA CTEEP no desenvolvimento de ações e projetos, acelerando e amplificando possíveis bons resultados. 

“Além de ter a consciência que há muitos outros atores com outras habilidades e conhecimentos, o GIFE foi uma grande referência quando começamos a construir nossas linhas estratégicas. Temos, enquanto empresa, uma responsabilidade enorme para com nosso investimento. Por isso, participar de uma instituição onde possamos discutir, adquirir e compartilhar conhecimento é fundamental porque não queremos apenas financiar uma instituição. Queremos entender como podemos trabalhar o investimento social com resultados de alto impacto”, afirma. 

Associados

Apoio institucional