Fundação Projeto Pescar completa 10 anos de atuação

Neste mês de julho, a Fundação Projeto Pescar comemora 10 anos de atuação. A organização foi criada para administrar e difundir o Projeto Pescar, que há 29 anos promove aprendizagem básica para o exercício profissional em diversas áreas da indústria, do comércio e da prestação de serviços, e estimula os jovens a adotarem novos hábitos e atitudes de convivência e cidadania.

O Projeto Pescar está presente hoje em 9 estados brasileiros (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Ceará e Rondônia), além do Distrito Federal.

Nessa década de atividades, o projeto já formou mais de 8,5 mil adolescentes, de ambos os sexos, em 75 unidades em funcionamento. A iniciativa foi utilizada como modelo para o projeto Escola de Fábrica, lançado no final de 2004 pelo Ministério da Educação para apoiar a formação profissional de jovens de baixa renda dentro de empresas de médio e grande porte.

Um plano de expansão em todo o Brasil, iniciado em janeiro deste ano, teve como primeiro passo a mudança de sede – disponibilizada pela Infraero, a mais antiga parceira da fundação. A nova casa conta com dois prédios: um administrativo, com biblioteca, sala de reuniões e auditório; e outro que será futuramente utilizado para expansão.

A Copesul é a mais nova mantenedora da Fundação Projeto Pescar, que também conta com o apoio de: AES Sul, AGCO, Banrisul, Ipiranga, Grupo Gerdau, HSBC, Infraero, Linck, Lojas Renner, Varig, Volvo e ZF do Brasil.

Apoio institucional