Fundação Projeto Pescar promove censo com 25 mil Egressos capacitados para o ingresso no mercado de trabalho

A Fundação Projeto Pescar quer saber onde estão e o que estão fazendo os jovens formados nos cursos socioprofissionalizantes oferecidos gratuitamente para adolescentes em situação de vulnerabilidade social. A primeira etapa do censo, que é localizar e mobilizar os Egressos da Rede Pescar iniciou em janeiro de 2016 e será finalizada em março deste ano, quando a entidade de assistência social comemora 40 anos de existência.

A partir dos dados será criado um sistema informatizado com as informações atualizadas de todos que participaram do Projeto Pescar em todo o Brasil e criado uma rede no Facebook, para compartilhar experiências de vida, trocar informações sobre o mercado de trabalho, potencializando a cooperação e a solidariedade.

Censo – O Instituto Fidedigna é o responsável pelo mapeamento e acompanhamento  do Censo que vai trazer dados estatísticos para a história da Fundação Projeto Pescar. Uma das primeiras ações da empresa foi a contratação de dois Egressos para compor o grupo de pesquisadores desta etapa, gerando mais esta oportunidade para o público beneficiário.

O contato é feito por meio telefônico, por redes sociais e por e-mail. A receptividade do público atendido foi observado pela empresa logo nos primeiros contatos: “Você percebe a autoestima e empoderamento dos Egressos”, conta diretora do Instituto Fidedigna, Aline Kerber.

A partir de março todos os Egressos localizados no censo estarão sendo convidados a fazerem parte de um grupo na rede social. Maiores informações e contato pelo e-mail  [email protected] e telefone 51-33747000

Apoio institucional