Fundação Raízen é a mais nova associada do GIFE

Estar próxima às comunidades, oferecendo educação, qualificação profissional, inclusão social e cidadania. Essa é a missão da Fundação Raízen, que acaba de se associar ao GIFE.

Desde o princípio, a organização assumiu o compromisso de orientar e dar foco ao investimento social da empresa Raízen e de se aproximar das comunidades e de suas demandas. O trabalho realizado hoje pela instituição teve início em 2002.

Nesses 14 anos de atividade, a Fundação Raízen beneficiou alunos, famílias e comunidades de sua área de influência, distribuída por 7 núcleos: Dois Córregos, Igaraçu do Tietê, Ipassu, Jaú, Piracicaba e Valparaíso, no Estado de São Paulo, e Jataí, em Goiás.

“O GIFE, pela sua relevância no cenário do Investimento Social de impacto no Brasil e pelas suas agendas estratégicas prioritárias, configura um importante parceiro na busca por fortalecer a atuação da Fundação Raízen. Com o desafio de ampliar nosso leque de atuação e buscar cada vez mais o impacto positivo das nossas ações, estar em contato com uma rede diversa e competente é condição fundamental para evoluir nosso modelo de gestão”, afirma Lucia Teles, gerente de Responsabilidade Social e Formação Profissional da Raízen.

Lucia destaca que as ações da Raízen beneficiaram, no último ano, mais de 1,4 milhões de pessoas, consolidando o propósito de promover transformações positivas.

O portfólio inclui um projeto socioeducativo, que ocorre no contraturno escolar e atende 600 jovens de 11 a 17 anos com aulas de redação, leitura, tecnologia e meio ambiente. Além disso, por meio de projetos práticos, os alunos aprendem sobre cidadania e atuação empresarial, incluindo noções sobre o mercado de trabalho. A Fundação possui também um projeto infantil em Jaú (SP), onde são atendidas mais de 200 crianças com idade entre 4 meses e 10 anos.

Além desses dois projetos, a Fundação Raízen desenvolve e implementa cerca de 20 iniciativas por ano em cada uma das localidades onde está presente, e também nas cidades do seu entorno. As iniciativas englobam temas de educação para a diversidade, inclusão profissional e empreendedorismo.

Nas localidades de atuação onde não possui um núcleo físico, a Fundação conta com duas carretas móveis totalmente equipadas para levar o conhecimento cada vez mais longe. São “escolas sobre rodas”, adaptadas para pessoas com deficiência, que oferecem mais de 30 cursos profissionalizantes como manutenção, elétrica e automação.

Lúcia ressalta que a associação ao GIFE foi motivada pelo desejo de estar em contato com uma enorme rede de troca de informações e conhecimentos, capazes de impulsionar mudanças em larga escala na gestão da Fundação. “Esperamos acessar aprendizados e compartilhar desafios que nos ajudem a consolidar nosso propósito e ampliar nossas capacidades”, complementa.

Apoio institucional