Fundação Telefônica Vivo apresenta programa em Conferência da Unesco

O programa Escolas Rurais Conectadas, iniciativa da Fundação Telefônica Vivo que leva conexão e amplia oportunidades de aprendizado e capacitação para professores em áreas rurais, será tema de um dos simpósios da “Mobile Learning Week, principal evento da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) para discutir o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) na Educação.

Sediado em Paris, França, entre os dias 07 e 11 de março, o encontro discutirá como as tecnologias móveis a preços acessíveis podem servir de alavanca para a melhoria da qualidade da educação em diferentes contextos e para grupos sociais e econômicos diversos.

A Mobile Learning Week contará com um webinar, diversos workshops e simpósios e também com um fórum de políticas públicas voltadas para o uso das tecnologias na educação. O programa da Fundação Telefônica Vivo faz parte da programação dos simpósios, nos quais especialistas de todo mundo irão compartilhar inovações na área de aprendizado por meio de tecnologias móveis e debater sobre estratégias para impulsionar as TICs.

A gerente da área de Educação e Aprendizagem da Fundação Telefônica Vivo, Mílada Tonarelli Gonçalves, conta que foi a Unesco Brasil que sugeriu a participação do Escolas Rurais Conectadas no encontro. “Logo que acessamos a programação, ficou claro que se tratava de um evento de grande magnitude e de rico conteúdo. Inscrevemos nosso programa como um caso a ser apresentado e aguardamos alguns meses até a confirmação de nossa seleção. A expectativa era alta! Foram mais de 300 submissões que resultaram em 40 selecionados do mundo todo”, comemora.

Durante a Mobile Learning Week, Mílada abordará como o uso da tecnologia pode aprimorar a educação em áreas rurais e apresentará dados do Escolas Rurais Conectadas, que além de levar conexão a escolas do campo, impulsiona processos educacionais diferenciados, por meio de formação online gratuita para educadores de todo o Brasil, aproximando professores e  compartilhando saberes pedagógicos. “Será uma oportunidade de mostrar o que fazemos e, além disso, de conhecer o que de melhor está acontecendo no mundo todo em termos de educação digital e móvel”.

Atualmente, cerca de 14 mil instituições de ensino possuem acesso à internet por meio do programa. Além disso, a plataforma digital já formou mais de 5 mil professores, que receberam cursos de aprimoramento e capacitação, beneficiando mais de 115 mil alunos.

Recentemente, a importância da iniciativa foi reconhecida, inclusive, num dos principais prêmios do setor de Telecom, ficando entre os cinco finalistas na categoria “Desenvolvimento Social e Econômico” do GSMA’s Global Mobile Awards. O prêmio foi entregue durante o Mobile World Congress, ocorrido em fevereiro, em Barcelona, na Espanha.

Segundo os organizadores da premiação, as oportunidades de alcançar comunidades independente de sua localização geográfica ou situação econômica são cada vez mais o foco de modelos de negócio inovadores, pois possibilitam benefícios “ganha-ganha” entre negócios, comunidades e pessoas.

Apoio institucional