Inscrições prorrogadas para o edital “Histórias que Ficam” da Fundação CSN

Ainda é possível concorrer ao edital “Histórias que Ficam” – programa de consultoria, fomento e difusão do documentário brasileiro – promovido pela Fundação CSN, braço social da Companhia Siderúrgica Nacional. A segunda edição da iniciativa financiará a produção de quatro filmes de até 70 minutos, com um total de R$ 1,3 milhões. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 15 de dezembro.

A primeira etapa do edital será um concurso nacional, que selecionará 12 projetos de documentários, com temática livre. Depois, ao final do processo seletivo, as quatro melhores ideias serão contempladas e receberão até R$ 330 mil cada. As iniciativas inscritas devem ser criativas do ponto de vista artístico e inovadoras no uso da linguagem audiovisual.

Assim como no ano passado, o programa conta com laboratórios presenciais e consultorias de especialistas aos realizadores, desde o desenvolvimento até a exibição dos filmes. Ao longo do processo de realização dos filmes, além de contar com uma consultoria online permanente, os vencedores participarão de três laboratórios (roteiro e produção, montagem e distribuição) realizados com profissionais especializados em cada área, como Miguel Machalski, Marcelo Gomes, Daniela Capelato, Carlos Nader, Karen Harley, entre outros. Após a finalização, os filmes participarão da Mostra Itinerante Histórias que Ficam e serão exibidos gratuitamente em mais de vinte cidades de todas as regiões do Brasil, em 2016.

“O Histórias que Ficam aposta no desenvolvimento de novos talentos. Cria um espaço para reflexão e troca de experiências de cineastas em início de carreira de diferentes regiões do país com profissionais consagrados, em um trabalho que só termina quando a obra atinge o público”, conta André Leonardi, gerente geral da Fundação CSN. O Histórias que Ficam tem patrocínio da CSN e Namisa, por meio da Lei Federal de Apoio à Cultura/Ministério da Cultura.

Em 2013, o edital trabalhou com o tema “Memória” e recebeu 350 inscrições, que resultou na produção de quatro documentários, de diferentes regiões do país. Os vídeos finalizados percorreram 24 cidades brasileiras, com sessões gratuitas para 5.724 espectadores.

Os interessados em concorrer ao edital devem fazer suas inscrições até o dia 15 de dezembro, pelo site da iniciativa. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail historiasqueficam@gmail.com.

A Fundação CSN é associada GIFE

Associados