Instituto Desiderata lança Panorama da Oncologia Pediátrica do Estado do Rio de Janeiro

No último mês, o Instituto Desiderata divulgou um material inédito, o boletim “Panorama da Oncologia Pediátrica do Estado do Rio de Janeiro”. A publicação, lançada no Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil (23 de novembro) e produzida em parceria com a Fundação do Câncer, é um levantamento exploratório que reúne dados oficiais existentes sobre o câncer infantojuvenil no estado.

A diretora executiva do Instituto Desiderata, Roberta Costa Marques, explica que a ideia de produzir um levantamento como esse surgiu durante o 2º Fórum de Oncologia Pediátrica do Rio de Janeiro, que aconteceu em 2013. Ela conta que, na ocasião, diversos temas foram colocados em pauta e, entre eles, a informação em saúde foi destaque, pois é transversal a todas as questões discutidas. “Sem informação não conseguimos avançar em nenhum campo. Foi nesse contexto que surgiu o Observatório do Câncer Infantojuvenil. Uma recomendação do fórum com o objetivo de produzir e difundir conhecimentos e análises sobre assuntos estratégicos que subsidiem tomadas de decisão para a melhoria da atenção ao câncer infanto-juvenil”, comenta.

O panorama buscou consolidar informações como dados populacionais e estimativa de incidência de câncer infantojuvenil no estado; principais causas de mortalidade infantojuvenil por doença em 2011; atendimento público pediátrico e distribuição de médicos na rede pública de saúde; registros hospitalares de câncer; infraestrutura para o diagnóstico e tratamento; tempo de acesso ao tratamento; entre outros. O material também traz indicadores de qualidade do registro e acesso ao tratamento que serão monitorados continuamente e publicados anualmente pelo Observatório do Câncer Infantojuvenil.

“”Hoje, no Rio de Janeiro, apenas metade dos centros especializados habilitados fazem os registros hospitalares de câncer e, ainda assim, não são específicos ao câncer infantil, que possui características singulares no seu desenvolvimento e tratamento. Queremos chamar a atenção para o tema e mobilizar todos em torno da necessidade da transparência e uso das informações para a elaboração de políticas públicas mais efetivas nesse campo. A ideia é monitorar esse cenário ano a ano.””

Confira o infográfico com os dados detalhados.

Sobre o Instituto Desiderata

O Instituto Desiderata é uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) criada em 2003, com sede no Rio de Janeiro, que atua nas áreas da saúde e educação, buscando garantir os direitos de crianças e adolescentes. Na área da saúde, o foco é o câncer infantojuvenil, que hoje é a primeira causa de morte por doença em crianças de 5 a 19 anos, mas que tem altas chances de cura quando diagnosticado precocemente e tratado com qualidade.

O Instituto Desiderata é associado GIFE

Apoio institucional