Instituto Embraer oferece apoio a jovens estudantes por meio do Programa Fundo de Bolsas

O Programa Fundo de Bolsas, desenvolvido pelo Instituto Embraer de Educação e Pesquisa (IEEP), chega aos dez anos criação com cerca de 800 jovens beneficiados pelas atividades desenvolvidas.

A proposta do programa é oferecer apoio financeiro para que os alunos que obtiveram alto desempenho acadêmico no Colégio Embraer possam continuar sua trajetória acadêmica. Isso porque muitos estudantes não têm a possibilidade de arcar com despesas de moradia, alimentação e transporte durante este período.

“O Fundo vem possibilitar a continuidade do trabalho que realizamos no projeto de Ensino Médio, no qual eles recebem um estudo de excelência, com cerca de 10 horas/aula, além de recursos para transporte e alimentação, assim como a orientação profissional e atividades de cidadania. Com isso, muitos alunos conseguem passar nos vestibulares – cerca de 80% em universidades públicas e 100% em universidades particulares -, mas, por estas instituições estarem normalmente em outras cidades ou Estados, não têm a oportunidade de continuarem estudando. Com o apoio do programa, os alunos têm a oportunidade de concluir seus estudos universitários, um grande sonho para todos eles”, comenta Mariana Luz, diretora-executiva do IEEP.

Para receber a bolsa, os estudantes precisam ter boas notas no colégio e comprovar a necessidade financeira. Em média, 60 alunos são beneficiados com o apoio financeiro todos os anos.

O Fundo de Bolsas é constituído por doações de empresas parceiras, empregados da Embraer e pelo aporte de recursos da própria Embraer. Para motivá-los a contribuir, o Instituto realiza uma intensa campanha de mobilização, divulgando a iniciativa nos meios de comunicação internos da empresa – como intranet, jornal, revista etc – assim como por meios de redes sociais.

Em 2014, para despertar ainda mais o interesse das pessoas pelo tema, a campanha contou com o apoio de alguns garotos-propaganda, como o atleta Fernando Scherer, o Xuxa, e a atriz Françoise Forton. Este ano, a campanha, que será lançada ate o mês de outubro, terá a presença marcante de novas “estrelas”.

O Programa recebe doações mensais, com débito automático em conta corrente no valor de preferência do doador por um período mínimo de seis meses, ou também doações pontuais em contas pré-estabelecidas pelo Instituto (veja como participar). Há ainda empresas que estabelecem apoios para áreas determinadas como, por exemplo, direcionando suas doações aos alunos que cursam Engenharia, por um período longo de tempo.

“Um dos nossos desafios é justamente sair da esfera da empresa e mostrar que essa cooperação entre empresas, institutos e sociedade pode trazer resultados bem interessantes. Ou seja, temos um projeto, que é sólido e apresenta muitos resultados, e seria importante que mais pessoas apoiassem. Afinal, a educação é uma causa que não exige nenhuma explicação do valor que tem e o que representa na transformação significativa na vida das pessoas”, destaca a diretora do IEEP.

Outro aspecto de destaque, acredita a diretora do IEEP, é a corresponsabilidade que o programa estabelece com estes estudantes, que devolvem os recursos recebidos depois de formados, a fim de que novos alunos possam ser beneficiados pelo Fundo.