Instituto Pró-Livro premia iniciativas de fomento à leitura e acesso ao livro

Com a proposta de valorizar, qualificar e difundir ações exitosas de fomento à leitura e de difusão e acesso ao livro no país, o Instituto Pró-Livro (IPL) lança mais uma edição do Prêmio Retratos da Leitura.

A premiação conta com as seguintes categorias: 1. Empresas da cadeia produtiva do livro: editoras, distribuidoras, livrarias, entidades do livro e suas fundações ou institutos; 2. Organizações da sociedade civil (OSCs): entidades não governamentais que desenvolvem ações de fomento à leitura; 3. Mídia: TV, rádio, cinema, jornais, revistas e mídias digitais; e 4. Bibliotecas: públicas ou comunitárias.

Entre as iniciativas concorrentes, serão aceitos projetos nas seguintes áreas: estímulo/fomento à leitura; formação de leitores em geral; melhoria/democratização do acesso ao livro; formação de mediadores ou promotores de leitura; criação ou aperfeiçoamento de espaços de leitura/bibliotecas; campanhas de valorização da leitura e livro; e ações inovadoras voltadas à difusão do livro.

Para participar, o projeto deve ter, no mínimo, dois anos de atividades contínuas e indicadores de resultados para serem apresentados. Cada organização poderá inscrever somente um projeto. A seleção será feita por uma Comissão de Especialistas e Comissão de Jurados. Entre os critérios a serem analisados estão: reconhecimento sobre a importância do projeto; relevância; coerência; abrangência; potencial de sustentabilidade; diálogo com o público; relação com a comunidade; criatividade e inovação; potencial de replicabilidade.

Os premiados receberão o Troféu do Prêmio IPL – Retratos da Leitura e todos os finalistas indicados pela Comissão de Especialistas receberão o Selo IPL – Retratos da Leitura (digital e impresso), como reconhecimento e comprovação de que foram finalistas na edição atual do prêmio.

Inscrições

Os interessados em concorrer devem fazer preenchimento do formulário de cadastro no site. Acesse: aqui. As inscrições podem ser feitas até o dia 05 de setembro.

Apoio institucional