Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental é o mais novo associado do GIFE

Mais uma organização passa a fazer parte da rede de associados do GIFE: o Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental. Criado em 2012 pela Yamana Gold, empresa canadense produtora de ouro, a organização é responsável pela gestão e desenvolvimento dos programas de responsabilidade socioambiental da companhia e o faz por meio de parcerias com instituições para estimular pesquisas, incentivando ainda o conceito de voluntariado, a ética, a cidadania e a democracia.

Sua missão é promover o desenvolvimento nas regiões onde a empresa atua por meio de iniciativas educacionais, sociais, ambientais e culturais. Busca-se, assim, fortalecer estas comunidades a partir de ações, projetos e programas específicos, respeitando a diversidade cultural e características locais.

Sua atuação se concentra em 13 municípios: Alto Horizonte, Nova Iguaçu de Goiás, Campinorte, Pilar de Goiás e Guarinos, em Goiás; Santa Luz, Cansanção, Jacobina, Miguel Calmon, Barrocas, Teofilândia, Biritinga e Araci, na Bahia. Milhares de pessoas foram beneficiadas por programas como o Gestão Avançada de Formação para Educadores e o Projeto Integrar, que desenvolve ações educacionais sobre meio ambiente, saúde e contra a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Esse ano o Instituto Yamana desenvolveu seu primeiro programa cultural, o “Valorizando a Diversidade”. Ele tem por objetivo valorizar e reconhecer o trabalho artístico existente nos municípios onde a empresa atua. Pessoas de qualquer faixa etária das cidades envolvidas podem inscrever uma obra autoral e inédita, que tenha como tema a valorização da diversidade, em uma das categorias contempladas: música, fotografia e literatura.

Para saber mais sobre a iniciativa, acesse a página do projeto no site do Instituto.

Oportunidade

“Associar-se ao GIFE, para o Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental, representa participar de um grupo que pensa e repensa o investimento social privado de forma inovadora e profissional, além da possibilidade de ampliar o intercâmbio junto a outros investidores sociais”, conta Osvaldo Júlio da Silva Filho, diretor executivo do Instituto.