“Negócios de Impacto Social: Luzes e Sombras” é tema de roda de conversa na Semana do Investimento Social

Com a proposta de explorar e aprofundar o debate em relação ao campo de “negócios de impacto social” ou “investimento de impacto”, a Artemisiaorganização sem fins lucrativos pioneira na disseminação e no fomento deste campo no Brasil – irá promover uma roda de conversa durante a Semana do Investimento Social.

A atividade, programada para acontecer no dia 31, a partir das 18h30, na Fundação Getúlio Vargas (FGV), contará com a presença de Maure Pessanha, diretora executiva da Artemisia; Fábio Deboni, gerente executivo do Instituto Sabin; e Haroldo Torres, sócio da DIN4MO Inovadores de Impacto.

A conversa será mediada por Vivianne Naigeborin, assessora estratégica da Potencia Ventures, organização internacional que apoia o desenvolvimento de ecossistemas de negócios em mercados emergentes, cujos produtos e serviços sirvam a população de baixa renda e contribuam para reduzir a pobreza no mundo.

O debate pretende levantar questões como: Esse campo avançou como se esperava? Quais são os dilemas e desafios de quem atua nesse campo sob a perspectiva de impacto social? Existem limites do ponto de vista financeiro e de impacto social? Que apoios e conexões são necessários para que negócios de impacto avancem?

O gerente do Instituto Sabin pretende compartilhar como tem sido a atuação da organização neste campo que, segundo Fabio, é no sentido de conhecer os atores que compõem o ecossistema para contribuir com o seu fortalecimento. “Nosso foco, portanto, tem sido mais no âmbito do ecossistema do que numa iniciativa mais pontual de premiação ou chamada de startups ou negócios de impacto. Além disso, temos procurado enfatizar a área de Saúde neste relacionamento com os atores do ecossistema, de modo a criar e ampliar oportunidades para diversos empreendedores que se interessem por este tema”, comenta.

Em sua avaliação, há diversos benefícios de atuar dessa forma, como a construção de um relacionamento mais sólido, próspero e sustentável junto ao campo de negócios de impacto, visualizando com mais clareza seus desafios e potencialidades. “Além disso, é possível identificar tendências e perspectivas de atuação tanto atual quanto futura. Num segundo momento, torna-se, portanto, mais fácil estruturar estratégias de atuação mais focadas aos interesse da sua organização”, enfatiza.

Os interessados em participar devem fazer sua inscrição pelo site (clique aqui).

Apoio institucional