Novo posicionamento e modelo de atuação foram discutidos na Assembleia Geral do GIFE 2014

A Assembleia Geral do GIFE de 2014 aconteceu no dia 22 de maio, no Santander, e reuniu mais de 80 pessoas, representando 64 organizações associadas. Para o GIFE, trata-se de um encontro estratégico pois, além das obrigações estatutárias, são discutidos rumos e prioridades da organização.

O foco da reunião deste ano se deu em torno do novo posicionamento e modelo de atuação, expostos pela primeira vez no 8º Congresso em março e reapresentados na íntegra aos associados. O papel central do GIFE passa a ser gerar conhecimento a partir de articulações em rede para aperfeiçoar o ambiente político-institucional do investimento social e ampliar a qualidade, legitimidade e relevância da atuação dos investidores sociais privados.

Ao apresentar o posicionamento, abriu-se espaço para que os associados trouxessem suas impressões e contribuições, visando ampliar a aderência das visões apresentadas às prioridades e expectativas das organizações presentes. .

O posicionamento teve boa repercussão entre os presentes, que ressaltaram a ousadia e a coerência da visão apresentada. A relevância da construção de posicionamentos como forma de incidência externa foi reforçada por alguns dos presentes. Para sua realização, foi sugerida maior disciplina nos registros e sistematizações do conteúdo gerado nos espaços de articulação. Foi apontada também a importância de que o posicionamento esteja mais refletido no plano de ação apresentado para 2014/2015, que poderá ser ainda desdobrado a partir da conclusão do planejamento estratégico, prevista para agosto desse ano.

Além disso, foi ressaltada a importância do fortalecimento da cultura de doação, um dos papéis que o novo posicionamento atribui ao campo de investimento social. A falta de estímulo fiscal foi destacada como um dos entraves à promoção da cultura de doação e deve ser uma das áreas de incidência do GIFE.

Outros tópicos como a importância de dar continuidade aos temas debatidos no Congresso e a necessidade de diversificação dos interlocutores foram lembrados.

Durante a reunião, foi apresentado um informe geral sobre o primeiro ano da atual gestão, aprovadas a prestação de contas e as ações realizadas em 2013 e apresentados os 13 novos associados GIFE (lista completa no final). Além disso, foi aprovada a mudança da auditoria externa do GIFE da KPMG para a PWC, em regime pro bono, sugestão apresentada pelo conselho fiscal.

Novos associados (desde a Assembleia Geral 2013): Instituto Alcoa, Instituto EDP, Instituto Positivo, Tecnisa, Fundação José Luiz Egýdio Setubal, Fundação Nokia, Fundação Oftalmológica, Instituto Arredondar, Instituto Arapyaú, Fundação Stickel, Associação Sequoia Foundation, ICCO Cooperation, Mattos Filho.

Apoio institucional