Oi Futuro lança e-book com histórias de empreendedores de impacto

Conectar e fortalecer organizações da sociedade civil (OSCs) e startups sociais que têm a capacidade de inovar e transformar a sociedade, apoiando a transformação de ideias em projetos inovadores. Esse é o principal objetivo do Labora, laboratório de inovação social do Oi Futuro, que acaba de ganhar uma publicação própria. 

O e-book E-labora – Experiências em rede de um laboratório de inovação social tem como objetivo contar um pouco da história do laboratório, criado em 2017. Desde então, mais de 200 empreendedores, representantes de 50 iniciativas aceleradas, já passaram pelos ciclos de aceleração, que têm como pilares: colaboração, experimentação e transformação. 

O programa 

O Oi Futuro contou com o apoio de parceiros estratégicos para realizar quatro ciclos de aceleração, além de eventos e workshops. Com Yunus Negócios Sociais, Instituto Ekloos e Startup Farm, foram pensadas metodologias para negócios que utilizam a tecnologia para resolver os problemas nas cidades, acelerações para impulsionar o ecossistema da Economia Criativa do estado do Rio de Janeiro e uma experiência híbrida entre propósito social e visão de mercado para alavancar negócios inovadores. 

Os negócios 

Para contar a história de como o Labora proporciona um lugar de troca de conhecimentos e experiências, além de promover o desenvolvimento de negócios de impacto socioambiental, foram escolhidos representantes de 14 negócios. 

Os cases foram divididos em quatro capítulos: Prototipando um laboratório de inovação social; Impulsionando a economia criativa do Rio de Janeiro; Provocando o mercado para a geração de impacto social; e Cocriando experiências, compartilhando histórias. 

Entre os participantes que compartilharam suas histórias estão Priscila Gama, empreendedora do Malalai, um aplicativo destinado ao público feminino que, ao apontar os melhores caminhos e permitir chamados de socorro quando necessário, visa diminuir a violência contra esse público.  

Carla Siccos, moradora da Cidade de Deus, na zona oeste do Rio de Janeiro, também optou por usar a tecnologia para criar o CDD Acontece, um canal de notícias, classificados e outros conteúdos que são distribuídos via Facebook, aplicativo e WhatsApp. 

Robson Melo usou os ensinamentos e mentorias para melhorar o entendimento do seu próprio negócio, a Estante Mágica, plataforma que incentiva alunos da Educação Infantil e do Fundamental I das redes pública e privada a escrever e publicar livros. 

Todos os negócios estão listados aqui e podem ser conferidos na íntegra no e-book E-labora. 

Agendas Estratégicas

Associados

Notícias relacionadas

Apoio institucional