Rede de Investidores Sociais de Curitiba (PR) define áreas de atuação

As organizações participantes da Rede de Investidores Sociais de Curitiba (RIS) – rede apoiada pelo GIFE desde sua concepção – estiveram reunidas no dia 9 de junho, na sede do Instituto Renault, para finalizar o seu planejamento anual.

Seguindo o propósito maior da rede que é fortalecer e qualificar o investimento social, os integrantes definiram quatro áreas prioritárias de atuação: qualificação técnica; networking; fomento e cultura do investimento social privado (ISP); e advocacy e comunicação.

Eliziane Gorniak, diretora do Instituto Positivo e uma das coordenadoras da RIS, explica que, para cada uma destas linhas, foram criados grupos de trabalho que irão conduzir as ações táticas já aprovadas pela rede. Atualmente, a RIS conta com 38 organizações, entre empresas, institutos, fundações empresariais e familiares.

Mobilização no Paraná

A RIS nasceu com a intenção de fomentar o debate sobre o terceiro setor e os negócios sociais e estimular o investimento privado em iniciativas que objetivem a transformação e avanço social no estado do Paraná.

De acordo com Tatiana Bogucheski, gerente de Projetos e Finanças da Fundação Grupo Boticário e uma das coordenadora da RIS, o trabalho está apenas começando.

“A expectativa é fomentar o engajamento de lideranças do setor, promovendo de forma consistente e sistemática fóruns que propiciem o compartilhamento de expertises e a definição de estratégias que suportem o crescimento, visibilidade e valorização do ISP em Curitiba e região. Além disso, pretendemos inspirar novas lideranças a aderirem ao ISP como compromisso de perenidade de suas empresas, contribuindo com a sociedade e propiciando transformações de valor”, ressalta.

Conheça os participantes da Rede: Copel, Elog, FACOP, Fertipar, Fundação Avina, Fundação Grupo Boticário, Gemalto, Grupo Mabu, Grupo Noster, Instituto Barigui, Instituto Bourbon, Instituto Cargolift, Instituto Empalux, Instituto GRPcom, Instituto HSBC Solidariedade, Instituto IBGPEX, Instituto Joel Malucelli, Instituto Joanir Zonta, Instituto Legado, Instituto Opet, Instituto Positivo, Instituto Renault, Instituto RIC, Instituto Robert Bosh, Instituto Triunfo, Itaipu Binacional, Laboratório Fleury, Ouro Verde, Petrobras, Rede Marista de Solidariedade, Rede Massa, Rumo ALL, Toshiba, Unimed Curitiba, Volvo, Sicredi, Votorantim Cimentos e Sicoob.

Apoio institucional