Segunda-feira, 10 de novembro de 2003

Por: GIFE| Notícias| 10/11/2003

Dinheiro para o social

Em entrevista, Wagner Pinheiro, presidente do fundo de pensão Petros, da Petrobras, fala da possibilidade dos fundos de pensão investirem nas obras de infra-estrutura urgentes para o país. Pinheiro afirma que os fundos de aposentadoria, formados principalmente em grandes empresas públicas (como o Banco do Brasil), poderiam potencialmente proporcionar investimentos de R$ 30 bilhões a R$ 75 bilhões na área. Segundo o presidente da Petros, a ação não deve ser entendida como o abandono dos tradicionais critérios de avaliação de investimentos adotados por instituições do gênero, mas a junção de um padrão mínimo de responsabilidade social a tais critérios. A idéia é participar dos projetos de infra-estrutura que o governo pretende implementar nos próximos anos, baseado em um desenho em que se pretende utilizar, em especial, das parcerias públicas e privadas. (Revista IstoÉ, 10/11)

Um drible na exclusão

Dar um drible na ociosidade e marcar um gol de placa em matéria de cidadania. Essa é a principal jogada ensinada na escolinha de futebol mantida pela Bayer ao lado de sua fábrica em Belford Roxo (RJ). A unidade atende 350 garotos (entre oito e 17 anos) pobres do município. Neste ano, as ações do programa Bayer vai à Comunidade, realizadas também em São Paulo, contarão com investimentos de R$ 1,2 milhão. (Revista IstoÉ Dinheiro, Rosenildo G. Ferreira,10/11)

Infância Saudável

A Tyrol Baby e Kid aderiu à campanha Adote uma Creche, promovida pela União Brasileiro-Israelita do Bem-Estar Social. As sete lojas da cadeia paulista de roupas infantis funcionarão como postos para coleta de doações, além de receberem inscrições de sócios contribuintes e voluntários para a Creche Betty Lafer. A entidade atende 180 crianças pobres do Bom Retiro, região norte de São Paulo. (Revista IstoÉ Dinheiro, Rosenildo G. Ferreira,10/11)

Combate ao Câncer

Arno, Vita-Derm, Babylândia, Estapar, NK Store, Zion, Melissa e L′Equipe são algumas das empresas que estão mobilizando esforços para a construção do Instituto Pós-Câncer Thiago Cavalcanti Rotta, ligado à Associação de Apoio a Crianças com Câncer (AACC). A unidade, que será erguida em São Paulo, irá consumir R$9,4 milhões e terá capacidade para atender 200 jovens. (Revista IstoÉ Dinheiro, Rosenildo G. Ferreira,10/11)

Nívea protege a fauna

Sacolas plásticas com desenhos de baleias, tartarugas marinhas e botos-cachimbos darão um toque ecológico ao verão 2003/2004. Pelo menos é o que esperam os dirigentes da Nívea e do braço local da World Wild Foundation (WWF). As instituições firmaram um acordo que prevê a distribuição das peças, feitas em material reciclável, para quem comprar produtos da linha Nívea Sun (bronzeadores e filtro solar). Parte das vendas será destinada a projetos desenvolvidos pela WWF no Brasil. (Revista IstoÉ Dinheiro, Rosenildo G. Ferreira,10/11)

Lazer no Paraná

Descontentes com a realidade social de jovens pobres de São José dos Pinhais (PR), funcionários da Volkswagen/Audi decidiram agir. Criaram a Associação de Apoio ao Menor Carente, que presta assistência a mais de 2, 8 mil alunos de escolas públicas da região. O trabalho inclui a prática de esportes, além de acompanhamento sócio-pedagógico. (Revista IstoÉ Dinheiro, Rosenildo G. Ferreira,10/11

Fome Zero tem novo site

Os internautas interessados em participar do programa Fome Zero do governo federal podem acessar o novo site do projeto www.fomezero.org.br. No endereço, empresas podem ainda encontrar parceiros para os seus projetos ou anunciar suas realizações. O FomeZero.org é uma iniciativa do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social e faz parte de uma ação de apoio da sociedade civil ao programa governamental Fome Zero. Sua missão é facilitar o contato entre empresários, ONGs, prefeituras e toda a sociedade com atuação em prol do desenvolvimento humano. (O Estado de S. Paulo, 10/11)

Encontro ensina e estimula o uso do software livre

O Centro Cultural do Projeto Casulo realiza, no próximo dia 20 de novembro, em Fortaleza, um seminário sobre inclusão digital e uso dos softwares livres. O objetivo é estimular o uso de programas de informática livres de licenças, como forma de reduzir o quadro de exclusão digital existente no país. Organizado pelo Projeto Casulo – iniciativa do Instituto de Cidadania Empresarial (ICE), o encontro conta com o apoio da Prefeitura de São Paulo, além de empresas e organizações locais, como a Hangar Company e GNU Bis. O evento é aberto a empresas públicas, pequenos e médios empresários, além de ONGs e usuários domésticos interessados no uso dessas ferramentas. (Diário do Nordeste – CE, 10/11)

Projeto destaca protagonismo juvenil em Icapuí

O projeto com foco no desenvolvimento ecológico Esse Mar é Meu, promovido pela Fundação O Boticário de Proteção à Natureza em parceria com a Fundação Interamericana, encontrou terreno fértil nas comunidades do município de Icapuí (CE). Hoje, após um ano de implementação na localidade, a iniciativa comemora os avanços alcançados nos programas de utilização de recursos naturais, planejamento, gestão ambiental e desenvolvimento socioeconômico sustentável. O projeto vem trabalhando em parceria com organizações locais para oferecer capacitação profissional a jovens das comunidades atendidas. Um dos programas é o Agentes Receptivos Turísticos e Agentes Ambientais, iniciativa que tem mostrado a jovens da região a possibilidade de visualizarem novas profissões a partir de seu próprio ambiente. (Diário do Nordeste-CE, 10/11)

Construção civil realiza Fórum

A construção civil como meio para o desenvolvimento social e promoção do trabalho. Esse será o tema do V Forúm da Construção Civil, a ser realizado de 11 a 13 de novembro, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec). O evento apresentará cursos, palestras e casos de sucesso dentro da temática da responsabilidade social e das modernas tecnologias. A promoção é do Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Ceará (Sinduscon-CE), com realização da Caltech Engenharia. Mais informações pelo endereço eletrônico www.ciaeventos.com.br. (O Povo, 8/11)

Projeto da Embrapa é finalista

O projeto Arroz e Feijão, desenvolvido pela Embrapa em parceria com a Universidade Federal de Goiás e a Associação das Cooperativas dos Assentados do Estado de Goiás, é um dos finalistas do prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social. O programa contempla técnicas de adubação verde, utilização de leguminosas na safra, manejo integrado de pragas do feijoeiro e controle biológico da lagarta do cartucho no milho. Há dois anos, municípios goianos de Palmeiras, Guapó e Campestre são beneficiados pela iniciativa. O prêmio Tecnologia Social teve nesta edição 634 inscritos. Destes, apenas 33 concorrem à etapa final, marcada para o dia 18 deste mês, em São Paulo. (O Popular-GO, 8/11)

Preocupados com o social

Fundado por Clara Steinberg, em parceria com o grupo Servenco, o Instituto Rogério Steinberg vem desenvolvendo, desde 1997, atividades educativas e culturais com estudantes de escolas públicas da capital do Rio de Janeiro. Atualmente, cerca de 2,3 mil crianças e adolescentes são beneficiados com aulas de matemática, inglês, literatura, música e artes. Para realizar tal trabalho, a entidade conta com o apoio de 20 empresas. Além de ajuda financeira, os interessados podem colaborar como voluntários. Contatos pelo correio eletrônico [email protected] (Jornal do Brasil, 10/11)

Coluna César Giobbi

O Projeto Casa da Criança, que tem como meta reformar e construir abrigos para crianças em todo o Brasil, receberá da Editorial Magazine o prêmio de destaque do ano em Projeto de Cidadania. (O Estado de S. Paulo, 8/11)

Marketing de causas

O Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (Idis) e a Full Jazz realizam na próxima quarta-feira (12/11), em São Paulo, o 1º Seminário Internacional de Marketing Relacionado a Causas . O evento visa incentivar empresas a utilizarem essa ferramenta de maneira consistente, planejada e eficiente. Mais informações pelo telefone (11) 3259-2771, ou no endereço eletrônico www.idis.org.br/mrc. (Gazeta Mercantil, 10/11)

Empresas, fundações e institutos citados nas matérias publicadas hoje:

  • Arno
  • Babylândia
  • Bayer
  • Estapar
  • Fundação Banco do Brasil
  • Fundação O Boticário de Proteção à Natureza em parceria com a Fundação Interamericana
  • GNU Bis
  • Grupo Servenco
  • Hangar Company
  • Instituto de Cidadania Empresarial
  • Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social
  • Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social
  • Instituto Rogério Steinberg
  • L′Equipe
  • Melissa
  • Nívea
  • NK Store
  • Petrobras
  • Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Ceará
  • Tyrol Baby e Kid
  • Vita-Derm
  • Volkswagen/Audi
  • World Wild Foundation
  • Zion

Associe-se!

Participe de um ambiente qualificado de articulação, aprendizado e construção de parcerias.

Apoio institucional