Edital do Oi Futuro vai apoiar projetos de impacto social que ampliem acesso à cultura

Como uma forma de incentivar negócios de impacto social, organizações da sociedade civil (OSC), grupos e/ou coletivos culturais que geram impacto na sociedade a partir da cultura, estão abertas as inscrições para o edital Impulso de Aceleração Social 2018, do Instituto Ekloos e apoio do Oi Futuro.

Lançada durante um evento em 13 de junho, no Rio de Janeiro, que debateu o universo das finanças sociais e os negócios e impacto, a segunda rodada do edital propõe que até 20 organizações selecionadas passem por formações e capacitações para desenvolver, estruturar ou aperfeiçoar seus processos de gestão e ampliar o impacto social para além da atividade ou projeto cultural desenvolvido.

Flávia Vianna, coordenadora de inovação social e esporte do Oi Futuro, explica que, em 2016, foi realizado um planejamento estratégico, quando a instituição pensou nas suas contribuições no campo do investimento social privado e inovação social. “Nesse planejamento, percebeu-se que as áreas que o Oi Futuro trabalha – inovação social, cultura, educação e esporte – deveriam estar mais conectadas. Entendemos que temos um papel de fortalecer o campo por meio de parcerias e de conexões com pessoas que buscam soluções para os problemas da sociedade, e também fomentar o campo ao apoiar aceleradoras, para que elas possam provocar um impulso nos investidores sociais”.  

Segundo a coordenadora, uma das motivações para o lançamento da primeira chamada, no ano passado, foi dar atenção maior ao campo de finanças sociais e negócios de impacto, e entender que o que estava sendo feito até o momento não supria as necessidades da sociedade. “Precisávamos trazer a iniciativa privada e os negócios para atuar cada um dentro do seu mercado, mas com um impacto social”.

Além disso, Flávia também aponta a possibilidade de contribuir positivamente para o Estado do Rio de Janeiro, que vive uma crise social e econômica, ao unir forças da área cultural e de inovação social. “Decidimos abrir uma chamada de atores e empreendedores sociais para um programa de aceleração para contribuir com o fortalecimento de negócios de impacto social e das OSCs e que elas pudessem implementar e desenvolver as suas iniciativas de uma forma mais estruturada e estratégica, impulsionando o Estado através da cultura”.

Essa crença no poder transformador da cultura é apoiada pela Secretaria Estadual de Cultura do Rio de Janeiro (SEC/RJ), que viabiliza a chamada de projetos através da lei de incentivo e também compreende o potencial desse campo impulsionar a sociedade carioca. “Fazemos uma triangulação de atores para conectar pessoas e buscar a transformação social por meio da cultura”.

Mentorias

O programa será pensado para que o participantes possam inovar suas ações culturais. A partir de uma avaliação inicial que irá apontar as dificuldades de cada iniciativa, colaboradores do Instituto Ekloos irão orientar e acompanhar cada ação. “O Instituto Ekloos é uma aceleradora social que detém uma metodologia construída ao longo de 10 anos. Ele adapta a linguagem e metodologia quando está lidando com empreendedores de negócios sociais, OSC, grupos e coletivos culturais. Devemos trabalhar de forma customizada para as necessidades de cada um”.

Dependendo do resultado da avaliação inicial, o proponente irá passar por, pelo menos, uma das cinco áreas: planejamento estratégico, avaliação dos projetos, planejamento operacional, marketing e negócios.

Cada uma delas terá atenção para um fator em especial. Em planejamento estratégico, por exemplo, a equipe do Instituto Ekloos poderá auxiliar a equipe do projeto a desenvolver os passos dos próximos cinco anos, com revisão ou definição da missão e visão da marca, caracterização do público, entre outros pontos. Já em marketing, projetos que não tenham uma estratégia de divulgação definida poderão trabalhar nessa frente.

As mentorias acontecerão entre agosto de 2018 e maio de 2019, a maioria delas presencialmente e algumas a distância. Todos os encontros serão no Rio de Janeiro em espaços variados, tanto no Instituto Ekloos, no Lab Oi Futuro e também no território onde o empreendedor atua. “Estando no território, nos aproximamos do ecossistema cultural e das pessoas que são beneficiárias da ação”, reforça Flávia.

Participação

Podem participar da seleção pessoas físicas, jurídicas, brasileiros, refugiados, desde que sejam residentes no Brasil, que tenham projetos de impacto social com foco na ampliação do acesso à cultura. É preciso que o projeto esteja localizado ou seja desenvolvido no Rio de Janeiro. Caso seja online, a ação pode estar em outro local, mas deve comprovar o impacto para os cariocas.

Propostas que ainda buscam um apoio para tirar a ideia do papel também podem participar da seleção.  

Seleção e inscrições

A seleção dos projetos ficará a cargo de uma comissão formada por representantes do Instituto Ekloos, da Oi e Oi Futuro e também por especialistas externos.

Para escolher até 20 propostas, o grupo irá considerar: número de pessoas impactadas; perfil dos empreendedores que estão à frente das iniciativas; histórico do proponente; potencial de inovação e ineditismo; impacto no estado do Rio de Janeiro; contrapartidas oferecidas pelo proponente para o grupo de proponentes selecionados neste edital, entre outros critérios.

Flávia ainda destaca a atenção especial para projetos culturais desenvolvidos na periferia e no interior do Rio de Janeiro, onde muitas vezes não existem opções de entretenimento e formação cultural da sociedade. “Existem grupos culturais pulsantes produzindo arte e cultura nas periferias, que têm tido dificuldade de acessar os editais e buscar alternativas para geração de receita. A nossa ideia é olhar para as periferias e para as áreas do interior do Estado de forma a sair das regiões mais centrais, e da própria capital que já têm sido contempladas com iniciativas”.  

As inscrições devem ser realizadas no site do Instituto Ekloos até o dia 7 de julho pelo(a) representante do negócio. Cada submissão será confirmada no email cadastrado na plataforma.

Todas as regras do edital estão no regulamento, disponível neste link. Eventuais dúvidas podem ser encaminhadas para o email [email protected].

Associados

Notícias relacionadas

Apoio institucional