Ferramenta incentiva empresas para adoção de medidas e acompanhamento de seu progresso em relação aos ODS

A dez anos do prazo para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma nova ferramenta de gerenciamento de impacto para a comunidade global de empresas acaba de ser lançada. Trata-se do SDG Action Manager.

Desenvolvida pelo B Lab e pelo Pacto Global das Nações Unidas, a iniciativa permite que as empresas melhorem seu desempenho e progresso nos objetivos e metas da agenda global da Organização das Nações Unidas (ONU).

“Ingressamos na Década da Ação, como definiu o secretário-geral da ONU, António Guterres. Não há mais tempo a perder quando se trata de atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. O SDG Action Manager representa uma oportunidade real para que as empresas insiram de fato os ODS em suas estratégias de negócios, único caminho para avançarmos com a consistência e a velocidade necessárias”, observa Carlo Pereira, diretor executivo da Rede Brasil do Pacto Global.

Como funciona

Online, gratuito e disponível em cinco idiomas, o SDG Action Manager capacita empresas de todos os tamanhos, no mundo inteiro, para adoção de medidas significativas e acompanhamento do progresso.

O SDG Action Manager reúne a Avaliação de Impacto B do B Lab, os Dez Princípios do Pacto Global e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável com a intenção de viabilizar que empresas realizem ações significativas por meio de autoavaliação dinâmica, benchmarking e aprimoramento.

A primeira etapa é constituída de perguntas que fazem um diagnóstico das empresas e de sua posição com relação aos ODS quando comparadas ao setor onde atuam. Depois, as empresas também podem usar a ferramenta para estabelecer metas e fazer seu acompanhamento.

Inspirada na comunidade de Empresas B Certificadas e nas empresas que participam do Pacto Global das Nações Unidas, a ferramenta foi desenvolvida por meio do trabalho e feedback de várias partes interessadas, incluindo especialistas em sustentabilidade corporativa, sociedade civil, ONU e academia. 

“Além de ser uma ferramenta online de autoavaliação, ela também apoia na seleção de metas alinhadas ao impacto do negócio e possibilita o benchmarking com outras organizações correlatas. Com isso, as empresas conseguem analisar como estão posicionadas em relação ao setor em que atuam e acompanhar sua evolução”, explica Carlo.

O diretor acrescenta que para as organizações que integram a Rede Brasil do Pacto Global e a Rede do Sistema B haverá um apoio adicional para o uso da ferramenta.

“Estamos planejando um evento de lançamento junto ao Sistema B para o engajamento de mais empresas com a ferramenta, além de um webinar sobre a otimização de seu uso. Como base para avaliação do impacto das empresas nos ODS, o SDG Action Manager também deve ser ancorado a outras soluções do Pacto Global, como o SDG Ambition, que será lançado em breve”, conta.

Notícias relacionadas

Apoio institucional