GIFE anuncia renovação de sua secretaria-geral para novo ciclo estratégico

Nos mais de 25 anos de história, o GIFE e seus parceiros sempre foram desafiados e impulsionados a caminhar na vanguarda da filantropia, do ISP e da ação cidadã no país. A missão – que pauta a atuação da organização – é também partilhada pelo seu novo Secretário-Geral, Cassio França, que assume a instituição em novembro. 

Cientista político pela Unicamp, mestre e doutor em Administração Pública e Governo pela Fundação Getúlio Vargas, com especialização pela Erasmus Universiteit, e pós doutorado na London School of Economics and Political Science, Cassio tem passagens pela gestão em governos e fundações, assim como consultor em planejamento estratégico e desenvolvimento institucional.

Para França, “o GIFE tem reafirmado constantemente seu compromisso com a democracia, e a urgência de uma sociedade cada vez mais plural, equânime e solidária. A saída para superar as desigualdades brasileiras está intrinsecamente ligada à capacidade coletiva de agir de modo mais cooperativo, tendo como foco a promoção da qualidade de vida de toda a população, sobretudo aquela que se viu marginalizada pelas políticas públicas nos últimos anos. Nesse sentido, fazer parte desse desafio é instigante e motivador.”

“O GIFE aprofundou nos últimos anos seu diálogo e articulação com atores diversos da filantropia, do investimento social e da sociedade civil de forma ampla no país. Essa capacidade ampliada de atuar de forma conjunta, fortalecendo o espaço da cidadania e da promoção de direitos, oportunidades e liberdades, é mais do que nunca vital para que possamos avançar coletivamente, renovando os horizontes de desenvolvimento justo, sustentável e efetivo entre nós”, expõe José Marcelo Zacchi, atual Secretário-Geral do GIFE e que finaliza o seu mandato neste mês.

Planejamento estratégico e os olhares para o futuro

Entre os próximos desafios, tanto para Cassio, como para o Conselho de Governança – eleito neste ano, está a elaboração do plano que deve compor o novo ciclo estratégico. 

Uma das diretrizes será aprofundar o papel do GIFE como plataforma agregadora para o fortalecimento do ecossistema da filantropia e do investimento social no país, mantendo a ação contínua na defesa e aprimoramento do ambiente para o associativismo e a ação cidadã no Brasil.

“É preciso seguir fortalecendo esses espaços, em busca de ações sociais e ambientais mais potentes e transformadoras – que enderecem e promovam as transformações necessárias no Brasil”,  complementa Inês Lafer, presidenta do Conselho do GIFE.

O GIFE seguirá buscando caminhos para qualificar o campo do investimento social brasileiro, fomentando a reflexão e o fortalecimento das organizações da sociedade civil e, portanto, da democracia. “Um desses caminhos é a criação de condições favoráveis para que a agenda do investimento social privado reflita os desejos compostos pelos diversos saberes presentes na sociedade brasileira. Um país mais democrático deve considerar a diversidade social que o constitui”, acrescenta Cassio França.

A transição da Secretaria Geral do GIFE  tem sido conduzida pelo Conselho de Governança ao lado de José Marcelo Zacchi.

Related news

Apoio institucional