Instituto Espírita de Educação busca organizações de São Paulo que trabalham com educação de crianças e jovens

Estão abertas as inscrições para o segundo edital do projeto Construindo o Futuro. A iniciativa do Instituto Espírita de Educação (IEE) conta com a coordenação da Comissão de Infância e Juventude e tem como objetivo selecionar e fortalecer organizações que trabalham com educação de crianças e jovens na região metropolitana de São Paulo.

A ideia da chamada é selecionar 25 Organizações da Sociedade Civil (OSCs) para receber formação durante um ano com o objetivo de torná-las mais sustentáveis e estratégicas na implementação de seus projetos, além de incentivar melhorias na produtividade e estrutura organizacional.

Podem participar da seleção organizações que atuam ou pretendem atuar com um público entre 0 e 23 anos na região metropolitana de São Paulo, que tenham uma infraestrutura básica para participar de atividades remotas como webinars e mentorias, além de ter dois participantes envolvidos diretamente com a organização para interlocução com o IEE.

O conteúdo da formação será trabalhado em cinco ciclos de aprendizado – cultura organizacional e gestão de projetos, identificação e planejamento, monitoramento e avaliação de projetos, planejamento financeiro e captação de recursos com ênfase em comunicação -, que, por sua vez, serão divididos em seis fases: diagnóstico organizacional inicial, workshops presenciais, webinars online, mentoria estratégica individual, pitching e diagnóstico final.

As organizações selecionadas deverão cumprir com alguns requisitos como presença mínima em 80% das atividades obrigatórias, participação em no mínimo três Rodas de Pitching e preenchimento de pelo menos 90% das avaliações propostas pelo projeto.

Inscrição e seleção

Entre os critérios que serão utilizados no processo seletivo estão: alinhamento entre causa e estratégia de atuação, impacto da ação para a sociedade e público beneficiado, criatividade, capacidade de solução de problemas, visão de futuro, liderança, capacidade organizacional, atuação com outras organizações (formação de redes) e sensibilização de atores para sua causa (advocacy).

Serão priorizadas instituições que trabalham com jovens de 16 a 23 anos, uma vez que a Comissão de Infância e Juventude considera essa faixa etária a que possui menor número de projetos e programas sociais especializados.

Na primeira etapa da seleção, o comitê selecionará até quarenta finalistas, que serão contatadas para uma entrevista por videoconferência. Em seguida, serão selecionadas até 25 organizações vencedoras.

As inscrições podem ser realizadas até 18 de novembro neste formulário. Além do preenchimento da ficha, cada organização deverá gravar um vídeo de apresentação. A lista de proponentes selecionados será divulgada no dia 10 de dezembro. Todas as regras da chamada estão disponíveis no regulamento neste link. Eventuais dúvidas devem ser encaminhadas para o e-mail projetos@ieesp.org.br.

Notícias relacionadas