Instituto Neoenergia e WWF-Brasil lançam mini documentário sobre o Projeto Coralizar

O Instituto Neoenergia e o WWF-Brasil, idealizadores do Projeto Coralizar, lançam na quinta-feira (12) um mini documentário sobre o trabalho de restauração de corais que a iniciativa desenvolve na Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais (APACC), em Porto de Galinhas (PE). Ao longo do filme, que será disponibilizado no canal do Youtube do WWF-Brasil, são exibidas imagens inéditas do trabalho de manejo ativo e transplantação desses animais marinhos, assim como declarações dos pesquisadores que integram a ação.

“A nossa ideia é tentar fazer um projeto para restaurar essa população de corais, aumentar esse número de corais, através de colônias de corais ou pólipos de corais que estejam sentenciados à morte”, explica o pesquisador Carlos Pérez, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Além da instituição, também são parceiros do Coralizar o Instituto Nautilus, a Biofábrica de Corais e a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

O filme mostra como funciona o resgate e restauração de corais em Porto de Galinhas, que começa com a identificação dos fragmentos desses animais sedimentados no fundo do oceano, desprendidos de suas colônias por ações humanas ou das correntezas. Eles são coletados por mergulhadores equipados com cilindros de oxigênio e levados até a praia, onde são analisados por especialistas.

Após essa etapa, os fragmentos selecionados são instalados em berçários – bases produzidas em impressoras 3D – e levados para laboratórios, de onde serão transportados para piscinas naturais escolhidas criteriosamente pelos pesquisadores. No local, os animais passam por um processo de reabilitação para se desenvolverem novamente e, no futuro, serão reintroduzidos em colônias. Rudã Fernandes, CEO da Biofábrica de Corais, exalta o pioneirismo do projeto, destacando que “para o Brasil essa iniciativa é muito importante, porque não existem projetos de transplantação de corais ou de manejo ativo de ambientes recifais”.

Para Renata Chagas, diretora-presidente do Instituto Neoenergia, o lançamento do documentário reforça o compromisso da instituição com a Década do Oceano da Organização das Nações Unidas (ONU), que visa a conscientização da sociedade de atores públicos, privados e da sociedade civil sobre a importância de integrar o movimento pela sustentabilidade dos oceanos. “Estamos alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e o alcance das metas da Agenda 2030, buscando soluções para reduzir os impactos causados pelas mudanças climáticas. Preservar nossos corais é preservar nosso Patrimônio Natural e o Instituto Neoenergia, através do Projeto Coralizar, contribui para a conservação dos corais e dos oceanos”, afirma.

Podcast Coralizar

Em março de 2022,  o projeto lançou o Podcast Coralizar, em uma série de seis episódios que abordam a importância dos corais para a preservação da biodiversidade marinha e a manutenção da vida humana. Cerca de 25% das espécies dos oceanos necessitam dos recifes de corais em algum momento de seu ciclo de vida. Em relação à pesca de pequena escala, por volta de 30 milhões de empregos do setor dependem deles.

Os episódios do Podcast Coralizar estão disponíveis no Spotify e SoundCloud do WWF-Brasil:

EP.1 O que são corais?

EP.2 Mudanças climáticas e o branqueamento de corais

EP.3 Restauração de recifes de corais

EP.4 Inovação

EP.5 O turismo e os corais

EP.6 Oceano Profundo 

Apoio institucional