Organizações lançam chamado à ação para enfrentamento à crise hídrica

O Brasil vive a pior crise hídrica dos últimos 91 anos e os brasileiros têm vivenciado diariamente seus impactos  – seja pelo aumento da conta de luz, a constante ameaça de apagão elétrico ou pelo racionamento de água. 

As causas devem-se a uma conjunção de fatores extremamente desfavoráveis: de um lado, estiagem extrema, escassez de chuvas, desmatamento e queimadas de grandes proporções; de outro, retrocessos na governança e má gestão dos reservatórios de hidrelétricas e dos recursos hídricos em geral, como é o caso da Medida Provisória 1.055/2021. 

Com o objetivo de chamar a atenção de toda a sociedade para esse  problema e convidar a todos a assumirem sua responsabilidade na busca por uma resposta rápida aos desafios, a Aliança pela Água – coalizão da sociedade civil criada em outubro de 2014 – passa a ser uma plataforma de diálogo e mobilização da sociedade para enfrentamento à crise hídrica 2021-22.

O chamado à ação visa convocar organizações da sociedade civil, movimentos sociais, gestores públicos, reguladores e prestadores de serviços de saneamento e comitês de bacia a aderirem a se comprometerem com uma série de iniciativas, a partir de três princípios básicos: 1. Direitos Humanos à Água e ao Esgotamento Sanitário; 2. Segurança Hídrica; e 3. Transparência.

Entre as ações propostas estão: mobilizar os Sistemas Nacional e Estaduais de Gerenciamento de Recursos Hídricos para começarem a discutir imediatamente ações preventivas e planos de enfrentamento a eventuais restrições de usos da água e instalar a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) para iniciar o debate e publicar o quanto antes a “Norma de referência sobre medidas de emergência e contingência, inclusive racionamento”; assim como priorizar e garantir o abastecimento de água para as populações humanas como item prioritário na agenda de alocação de recursos hídricos; e, por fim, exigir dos governos federal, estaduais e municipais transparência na divulgação de informações sobre a crise hídrica para toda a sociedade.

Para aderir à iniciativa e ao chamado a ação, basta acessar o site e preencher o formulário.

Apoio institucional