Prêmio busca reconhecer participação das mulheres no campo das Ciências

Uma equipe formada e liderada por mulheres foi responsável por sequenciar o genoma do novo coronavírus após 48 horas do primeiro caso no Brasil. Para que notícias sobre o protagonismo feminino se repitam, é necessário incentivar que meninas sigam carreiras nas Ciências, além de reconhecer mulheres que já atuam nessas áreas. Nesse contexto, até o dia 8 de maio, estão abertas as inscrições do programa Para Mulheres na Ciência

A iniciativa, realizada pela L’Oréal Brasil, em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) do Brasil e a Academia Brasileira de Ciências (ABC), tem como objetivo endereçar o desequilíbrio de gêneros entre os pesquisadores nas áreas de Ciências da Vida, Ciências Físicas, Ciências Matemáticas e Ciências Químicas ao reconhecer o trabalho de mulheres. 

O programa irá selecionar sete pesquisadoras que tenham desenvolvido pesquisa no Brasil nos últimos quatro anos para receber uma bolsa no valor de R$ 50 mil. A ideia é que o valor seja usado para o desenvolvimento de pesquisas durante um ano. 

Critérios e seleção 

Para participar, as candidatas devem ter concluído o doutorado a partir de janeiro de 2013, ter curriculum vitae atualizado na Plataforma Lattes e estar conduzindo pesquisa nas áreas de Ciências da Vida, Ciências Físicas, Matemática ou Química.

A seleção será feita por uma comissão formada por pesquisadores, membros da Academia Brasileira de Ciências, representante da L’Oréal Brasil e da UNESCO no Brasil, que irão analisar a qualidade e o impacto do projeto e do trabalho anteriormente desenvolvido, além da independência e potencialidade da candidata frente ao sucesso do projeto. 

O anúncio das vencedoras está previsto para agosto, enquanto a cerimônia de premiação para outubro. 

Inscrições 

As inscrições podem ser realizadas mediante preenchimento do formulário neste link. Todas as regras da chamada estão no regulamento, disponível aqui. Eventuais dúvidas devem ser esclarecidas na aba FAQ ou via formulário de contato no site do programa

Notícias relacionadas

O empoderamento de mulheres e seus quintais produtivos

A força feminina tem o poder de transformar. E com este pensamento, nasceu a metodologia “Água Viva: Mulheres e o redesenho da vida no semiárido”, que consiste no reaproveitamento da água utilizada nas atividades domésticas para a irrigação de frutas e hortaliças agroecológicas.

Apoio institucional