Projeto Brincar disponibiliza materiais educativos acessíveis durante a quarentena

Criada em 1979, a Fundação Grupo Volkswagen usa recursos de um fundo constituído pela Volkswagen para promover ações de educação e desenvolvimento de comunidades em três causas prioritárias: mobilidade urbana, mobilidade social e inclusão de pessoas com deficiência. Foi pensando no último eixo que a Fundação ampliou o conjunto de materiais pedagógicos acessíveis disponíveis para download

A iniciativa é fruto da parceria da Fundação com a Secretaria Municipal de Educação e a Mais Diferenças no âmbito do Projeto Brincar, ação que, desde 2017, sistematiza e produz materiais pedagógicos inclusivos, com múltiplos recursos de acessibilidade para crianças com e sem deficiência e realiza estudos, experimentações e práticas pedagógicas inclusivas em unidades educacionais da rede municipal de São Paulo.

Com o fechamento de escolas em razão do distanciamento social imposto pela pandemia de Covid-19, a ideia do projeto é disponibilizar os materiais de forma online, para que famílias possam continuar estimulando o desenvolvimento das crianças em casa. 

Cardápio para Todos 

O Cardápio para Todos é uma das produções disponibilizadas no site. Trata-se de um conjunto de materiais em diferentes formatos com 60 nomes de alimentos, com o objetivo de possibilitar que crianças com ou sem deficiência possam usar a hora das refeições também para aprender. Neste link, é possível acessar um vídeo que apresenta as iniciativas em português e na Língua Brasileira de Sinais (Libras), que também está disponível em um catálogo que ensina quais são os sinais correspondentes em Libras de alguns alimentos. 

Para abarcar a necessidade de alunos que não têm o português como primeira língua, também foram disponibilizados catálogos que traduzem os nomes dos alimentos para espanhol, inglês e francês e também em Braille para crianças com deficiência visual.  

Brincando com Poesias

Como o nome já indica, o guia Brincando com Poesias visa instruir educadores sobre como é possível trabalhar com poesias em múltiplos formatos acessíveis de acordo com as diferentes necessidades das crianças do grupo e das distintas propostas pedagógicas. Quatro poemas do livro A poesia das Coisas, de Silvana Tavano, foram transformados em vídeos acessíveis nesta playlist e também podem ser acessados nos anexos um a quatro neste link

Pintura e Transparência: Sentidos à Flor da Pele 

Já o guia de atividades Pinturas à Flor da Pele incentiva que professores e famílias possam estimular o desenvolvimento das crianças a partir da experimentação, inventividade e exploração dos diferentes sentidos. O material traz dicas de atividades que unem tinta guache, pincéis, plástico filme e meditação. Vale reforçar que a atividade, realizada até mesmo por adultos envolvidos no Projeto Brincar, pode ser feita por crianças com ou sem deficiência. 

Notícias relacionadas

Apoio institucional