Recém traduzida, publicação aborda a confiança na filantropia

Com um número crescente de adeptos à prática, discutir a confiança na filantropia tem se tornado cada vez mais pertinente. Foi nesse ensejo que  a ponteAponte reuniu, no dia 3 de maio, mais de 170 participantes em um evento para abordar de forma prática o conceito da confiança na filantropia

O encontro, primeiro da série Diálogos ponteAponte, aconteceu online, e contou com o lançamento da tradução do artigo “Confiança na filantropia: uma ferramenta de acompanhamento e autoavaliação”; e da versão beta da ferramenta virtual de autoavaliação.

“Sob a pressão da disrupção, e dada a perda de confiança da sociedade nas instituições, os agentes filantrópicos institucionais são convocados a alinhar suas capacidades financeiras, seu impacto e sua influência com o compromisso de exercer uma filantropia orientada pela confiança”, diz a introdução do resumo executivo do artigo. 

A publicação foi traduzida por Luisa Bonin, pesquisadora brasileira convidada na Maecenata Foundation Berlin e Fellow do Programa German Chancellor Fellowship da Alexander von Humbolt Foundation.

Entre brasileiros e parceiros da América Latina, Estados Unidos e Europa, o evento foi marcado pela presença de coletivos; governo; empresas; institutos; Organizações da Sociedade Civil (OSCs); consultorias; academia; mídia; redes associativas, entre outros. 

Representando o GIFE como painelista, Cássio França falou da confiança como uma filosofia de vida. “Nas relações interinstitucionais, o planejamento estratégico é como uma arena de desenvolvimento de laços de confiança. Eu acho um lugar fantástico para ver a vivacidade das relações de confiança, planejar algo com uma organização parceira, de igual pra igual, dando voz à ela”.

Longe de estar esgotado, o tema deve voltar a ser discutido em um novo encontro promovido pela ponteAponte, que será presencial. A instituição vai sistematizar todas as contribuições recebidas no documento de rubricas avaliativas, que formam a base da ferramenta virtual de autoavaliação. Um dos objetivos do novo encontro é construir colaborativamente a versão final da ferramenta.

Related news

Especial redeGIFE: Os rumos da cultura de doação no Brasil

Ainda que parte dos dados apresentados neste infográfico reflitam a influência dos efeitos da pandemia de Covid-19 nas doações, as informações permitem visualizar o perfil dos doadores e os recursos doados por segmento: individual, institucional e investimento social privado (ISP). Os achados podem levar à identificação de oportunidades de atuação do ISP para o fomento da cultura de doação no Brasil.

Apoio institucional