Chamada do BID busca propostas para o setor de energia para compor banco de soluções

No Brasil e no mundo, o setor de energia apresenta grandes desafios, como suprir a demanda e ao mesmo tempo considerar opções sustentáveis para o meio ambiente. A questão é tão importante que o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) número sete busca assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos.

Pensando nessas questões e na otimização do setor, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) acaba de abrir as inscrições da chamada Mostra sua Energia. A iniciativa tem o objetivo de ajudar na economia dos recursos públicos a partir da adoção de soluções inovadoras relacionadas a iluminação pública, eficiência energética em edifícios e geração e distribuição de energia solar.

Podem participar do edital startups, fornecedores e provedores de energia. Suas iniciativas de soluções energéticas para prédios devem se encaixar em pelo uma das quatro categorias: 1. ferramentas inovadoras para o diagnóstico e gestão do uso de energia; 2. capacitação em temas de eficiência energética (apps ou ferramentas online, por exemplo); 3. bens e equipamentos para promover o uso eficiente de energia; e 4. mecanismo de financiamento para projetos de eficiência energética.  

O objetivo do BID com o edital é, com os projetos selecionados, construir um banco de soluções que será disponibilizado na plataforma do Programa de Investimento em Gestão de Infraestrutura Pública para Eficiência Municipal. A ferramenta poderá ser fonte de consulta para gestores públicos de todos os municípios brasileiros na hora de contratar soluções inovadoras para seus projetos. O lançamento do banco está previsto para o final de junho.

Seleção e inscrições

As iniciativas serão avaliadas de acordo com quatro grupos de critérios: capacidade de entrega, inovação, ética e natureza da empresa. Dentro deles, serão avaliados aspectos como porte da empresa – que precisa ter um cliente de destaque, bens, equipamentos e ferramentas para realizar diagnóstico e gestão do uso eficiente de energia -, e aspectos da solução, que precisa ser escalável, viável tecnicamente, inovadora e já testada.

Além disso, em caso de projetos originais, será solicitada a patente. Em outros casos, as iniciativas devem ter relação com energia solar, Internet Of Things, Inteligência Artificial, Machine Learning, Realidade Virtual, Cybersecurity e blockchain.

Organizações interessadas em participar têm até 30 de abril para realizar a inscrição a partir do preenchimento do formulário deste link. Eventuais dúvidas devem ser esclarecidas na seção Perguntas Frequentes do site ou enviadas para o e-mail [email protected].

Notícias relacionadas

Jornada ISP tem debate sobre sustentabilidade e fortalecimento da sociedade civil

A primeira mesa do evento chamada “Desafios para a sustentabilidade e o fortalecimento da sociedade civil no Brasil” foi marcada por reflexões de José Marcelo Zacchi, secretário-geral do GIFE, que relembrou a trajetória de entidade e de parceiros para o fortalecimento da sociedade civil e de sua atuação na esfera pública.

Apoio institucional