Coalizão quer mobilizar 21 milhões para apoiar organizações dinamizadoras

Em cinco anos, a Coalizão pelo Impacto, iniciativa do ICE – Instituto de Cidadania Empresarial, e dos parceiros Instituto humanize, Somos Um, Fundação Grupo Boticário e Cosan, pretende mobilizar R$ 21,5 milhões em recursos filantrópicos para a construção da infraestrutura de suporte aos empreendedores de impacto em todas as regiões do país. O projeto apoiará organizações dinamizadoras por meio de formações, articulação com grandes empresas e mobilização de agentes públicos.

A expectativa é fortalecer 500 negócios de impacto, que, por sua vez, terão o potencial de mobilizar R$ 50 milhões em investimentos diretos. A iniciativa integra três pontos fundamentais para acelerar o desenvolvimento do ecossistema de investimentos e negócios de impacto no Brasil:

– Divulgar a complementaridade que existe entre negócios que resolvem problemas sociais e ambientais, políticas públicas e ações do terceiro setor;

– Garantir o apoio técnico e financeiro ao empreendedor de impacto adequado a cada etapa da sua jornada até um modelo de negócio economicamente sustentável que entrega impacto positivo mensurável;

– Ampliar o número e fortalecer organizações dinamizadoras do ecossistema de impacto.

“Ainda precisamos mobilizar R$ 7,5 milhões da meta de R$ 21,5 milhões, mas já estamos começando a analisar com os parceiros co-realizadores confirmados suas localidades de interesse. Queremos ter opções em todas as regiões do Brasil, aplicar o diagnóstico e conseguir selecionar uma localidade por região”, explica Fernanda Bombardi, gerente-executiva do ICE e coordenadora da iniciativa.

Confira mais detalhes na página do ICE.

Notícias relacionadas

ISP e negócios de impacto: o que revelam os dados?

Artigo de Fábio Deboni, Gerente Executivo do Instituto Sabin, membro do Conselho do GIFE e escritor, traz análises e reflexões sobre os dados do Censo GIFE em relação aos negócios de impacto no ecossistema do ISP.

Apoio institucional