Confira chamadas públicas com prazo de inscrições em setembro e outubro

Incentivar o desenvolvimento e o protagonismo das organizações da sociedade civil, premiar soluções inovadoras e tecnológicas que conversem com as habilidades necessárias para o século 21, reconhecer ações e iniciativas de promoção da democracia e direitos humanos e selecionar artigos que contribuam para aprimorar a ação filantrópica em projetos que visam a equidade racial no Brasil no período pós-pandemia são os objetivos dos editais a seguir. 

Desafio Play 

Empreendedores, startups, organizações da sociedade civil, empresas, instituições acadêmicas e de pesquisa e agências públicas de inovação podem participar da iniciativa do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Com inscrições abertas até 11 de setembro, a chamada busca jogos educativos, plataformas e produtos digitais que usem a gamificação para desenvolver habilidades do século 21, como competências em matemática, leitura, criatividade, música, arte, habilidades digitais, de resolução de problemas e empatia. O vencedor receberá prêmio de 10 mil dólares. Todos os detalhes estão no site do Desafio (em espanhol). 

Organizações da Sociedade Civil e Autoridades Locais 

Participação da sociedade civil; desenvolvimento sustentável, bioeconomia e economia circular; e direitos dos povos indígenas são os três eixos do edital da União Europeia aberto exclusivamente para o Brasil. As propostas devem ter conexão com as temáticas e com a Agenda 2030 e a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Com isso, o edital tem como objetivo incentivar o desenvolvimento e a melhoria de capacidades das OSCs para que ampliem seu protagonismo no debate público e implementem iniciativas que reforcem a democracia participativa e levem a um desenvolvimento equitativo, sustentável e inclusivo. Ao todo, estão disponíveis 5,4 milhões de euros para o edital, que recebe inscrições até 15 de setembro. Acesse

Prêmio Gwangju para Direitos Humanos 

Com inscrições abertas até 30 de setembro, premiação sul-coreana inspirada em movimento histórico tem como objetivo reconhecer ações e iniciativas individuais ou coletivas que busquem a restauração da justiça e direitos humanos e a promoção da democracia em seus respectivos países. Para participar, as organizações devem estar alinhadas aos propósitos da chamada e ativas por pelo menos três anos. Ao todo, estão disponíveis 60 mil dólares para a premiação. Todos os detalhes estão disponíveis neste link (em inglês). 

Filantropia para promoção da equidade racial no Brasil no contexto pós-pandemia da Covid-19 

Quarto edital do Fundo Baobá no contexto da Covid-19, chamada tem como objetivo selecionar artigos que contribuam para aprimorar a ação filantrópica em ações que visam equidade racial no Brasil no período pós-pandemia. Além de se propor a direcionar as doações a serem feitas pelo Fundo, os artigos selecionados – até 20 – irão compor uma publicação bilíngue a ser lançada em 2021, quando o Baobá completa dez anos de atuação. Especialistas, mestres e doutores que tenham produções acadêmicas nos temas de atuação e interesse do Baobá, como educação, população quilombola, juventude negra, racismo religioso, violência de gênero, entre outros, podem participar da chamada. As inscrições vão até 12 de outubro. Confira todas as regras no site da iniciativa

Criativos da Escola 

Realizado anualmente com o objetivo de reconhecer boas ações, iniciativas e trabalhos de crianças e jovens estudantes de todo o Brasil, o desafio mudou de formato em 2020 em razão da pandemia de Covid-19. Este ano, estudantes poderão percorrer uma jornada de missões transformadoras. Entre etapas individuais e coletivas, a premiação irá reconhecer até 50 planos de ação criados por grupos de alunos com o objetivo de transformarem suas realidades. A etapa Chama, que propõe atividades em grupo, vai até 2 de novembro. Todos os detalhes do novo formato estão disponíveis no site da chamada

Notícias relacionadas

Especial redeGIFE: Participação social e democracia

Às vésperas do Dia Internacional da Democracia, reportagem aponta desafios para a efetivação do direito garantido na Constituição Federal. Vídeo sobre o papel do conhecimento e boxes com iniciativas para quem quer se engajar são destaques.

Apoio institucional