E-Book reúne boas práticas de gestão no terceiro setor

As organizações da sociedade civil (OSCs) sempre tiveram papel fundamental na realização de iniciativas que buscam trazer respostas aos imensos desafios decorrentes das desigualdades que marcam a sociedade brasileira.

Entretanto, apesar de terem sido essenciais para ajudar a superar os desafios durante a crise desencadeada pela Covid-19, as OSCs foram profundamente afetadas pela pandemia: em maio de 2020, 46% das organizações da sociedade civil respondentes do estudo Impacto da Covid-19 nas OSCs Brasileiras afirmaram ter orçamento disponível para operar por, no máximo, mais três meses, enquanto somente 9% apontaram conseguir antever disponibilidade orçamentária para mais de 12 meses de operação.

Em meio a esse cenário de intensa instabilidade, a gestão e o planejamento tornaram-se ferramentas indispensáveis para a sobrevivência de qualquer tipo de organização. E foram justamente essas temáticas que nortearam o curso de Formação e Consultoria Monitorada em Gestão do Terceiro Setor, promovido pela Fundação Salvador Arena, em 2020, cujos principais aprendizados foram sistematizados no novo e-book da Coleção Salvador Arena de Boas Práticas no Terceiro Setor.

A publicação reúne 13 experiências em gestão no terceiro setor, desenvolvidas durante um processo de 100 horas de formação para dirigentes de organizações sociais apoiadas pela Fundação durante o ano de 2020, que buscam planejar ações voltadas para a sustentabilidade, o que se tornou algo ainda mais desafiador considerando o cenário enfrentado ao longo do ano passado.

Para cada uma das experiências relatadas é apresentado um texto inicial a respeito da OSC (sua história, principais iniciativas), o contexto atual em que se encontra, um desafio a ser superado, os objetivos e ações estratégicas desenhadas para o plano de ação e os resultados obtidos.

Para a Associação Beneficente das Mães da Vila dos Frades, por exemplo, o plano teve como proposta estabelecer ações estratégicas para a captação de recursos visando diminuir a restrição orçamentária, realizar novos projetos e obter sustentabilidade financeira. Já para o Instituto das Filhas de São José, o desafio colocado foi a criação de estratégias para otimizar o trabalho da equipe, no intuito de fortalecer boas práticas de governanças, seguindo o regimento interno.

O e-book pode ser acessado neste link.

Related news

Apoio institucional