Estão abertas as inscrições para o 19º Prêmio Arte na Escola Cidadã

Hoje, o Brasil tem mais de 500 mil professores lecionando Artes na Educação Básica. Com a missão de reconhecer esses professores e valorizar projetos com potencial para transformar alunos, cidadãos e comunidades, o Prêmio Arte na Escola Cidadã chega em sua 19ª edição.

A iniciativa é realizada pelo Instituto Arte na Escola por meio da Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio do Banco Bradesco e, desde sua primeira edição, em 2000, conta também com a cooperação da UNESCO no Brasil.

“O Prêmio Arte na Escola Cidadã é um trabalho que se inicia nos primeiros meses do ano e se projeta ano afora para chegar às escolas deste imenso país e recrutar a escrita dos professores, para que o seu trabalho possa fertilizar a atuação dos colegas. Esta é a grande motivação de quem realiza o Prêmio: propor modelos possíveis de atuação e transformação dentro da conhecida realidade das escolas públicas do Brasil, para que o professor emule este esforço e qualifique sua ação.” diz Evelyn Ioschpe, presidente do Instituto Arte na Escola.

Para identificar projetos transformadores no ensino de Artes, o Prêmio faz um mapeamento de trabalhos desenvolvidos em escolas das cinco regiões do país.

Quem pode participar

Professores ou equipes de professores que desenvolveram projetos em artes visuais, dança, música e/ou teatro, realizados nos anos de 2016, 2017 e/ou concluídos até maio de 2018, em escolas de ensino regular, públicas ou particulares, de todo o território nacional.

Premiação

São cinco categorias de premiação: Educação Infantil, Ensino Fundamental 1, Ensino Fundamental 2, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Os professores premiados recebem R$ 10 mil, publicações e certificado, além de participarem da cerimônia de premiação e de vivências culturais na cidade de São Paulo. As escolas nas quais os projetos foram desenvolvidos também recebem prêmios, como equipamentos e publicações para a biblioteca.

Cada professor vencedor tem ainda seu projeto registrado em um documentário produzido pelo Instituto Arte na Escola. Após a cerimônia de premiação, os cinco documentários produzidos se desdobram em materiais formativos para outros professores de Artes.

Encontro das Águas

A obra Encontro das Águas, de Sandra Cinto, é a referência artística para a iconografia do 19º Prêmio Arte na Escola Cidadã.

Homenageada nesta edição, a artista elege como elemento central de seu trabalho o desenho, linguagem que explora para além do papel. Em o Encontro das Águas, a artista realiza um mural de escala monumental. A representação congela um instante de um mar revolto, formado por delicados e contidos gestos, onde cada traço torna-se gota, e cada gota também é mar.

Inscrições

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo site do prêmio até o dia 10 de junho de 2018.

Todos os professores inscritos receberão um Material Educativo com propostas pedagógicas sobre a obra Encontro das Águas e um curso online com a artista homenageada nesta 19ª edição do Prêmio, Sandra Cinto, focado no ensino de Artes a partir do desenho.

Material produzido pela Fundação Iochpe

Notícias relacionadas

Apoio institucional