Global Fund for Children financia organizações que trabalham com crianças e jovens

Em 1993, inspirada por uma organização indiana que ensinava crianças que viviam em uma plataforma de trens, Maya Ajmera criou a Global Fund for Children. A organização foi fundada sobre a crença de que pequenas quantidades de dinheiro podem ter um impacto real e duradouro na vida de crianças e jovens mais vulneráveis quando doadas para comunidades de base inovadoras.

Ao longo dos anos, a organização foi lapidando seu modelo até chegar na sua forma de atuação atual, dividida em cinco passos. No primeiro, “We find” (do inglês, nós encontramos), a organização busca e pesquisa grupos que trabalham com crianças e jovens ao redor do mundo. No segundo, “We fund” (nós financiamos), investe recursos em programas que objetivem mudanças de vida para esse público e acompanha como o financiamento é utilizado.

No terceiro, “Together we strengthen” (juntos nos fortalecemos), por meio de mentorias e ferramentas, a organização ajuda seus apoiados a crescer. No quarto, “We build networks” (nós construímos redes), a Global Fund promove o contato entre diferentes apoiados para que compartilhem conhecimento e construam verdadeiros movimentos de mudança social.

E por fim, no quinto passo, “And when our partners graduate, we stand proud”, a organização orgulha-se de ter contribuído para o fortalecimento de grupos e organizações que trabalham com crianças e jovens ao redor do mundo. Até hoje, mais de dez milhões de pessoas foram impactadas por meio de 675 parcerias.

As inscrições para tornar-se um parceiro da Global Fund for Children estão abertas continuamente. Por meio de seu trabalho, o objetivo da organização é construir um futuro onde os mais novos possam ter oportunidades iguais na sociedade, além de desenvolver todo seu potencial.

Para ser um parceiro, é preciso trabalhar em pelo menos uma das quatro áreas – educação, equidade de gênero, empoderamento jovem e liberdade da violência e exploração – em cinco regiões: Américas, África e Oriente Médio, Europa e Eurasia, Sul, Leste e Sudeste da Ásia.

Em educação, a ideia é promover equidade no acesso a uma educação de qualidade, independente dos obstáculos para isso. Na área de equidade de gênero, são bem-vindos projetos que defendam o direito desse público de ter oportunidades iguais na sociedade sem ser discriminado por sua identidade de gênero.

Em empoderamento jovem, a organização trabalha para preparar jovens para que construam e moldem seu próprio futuro. Por fim, em liberdade da violência e exploração, a Global Fund busca prevenir e acabar com as inúmeras formas de violência que impedem que crianças e jovens se desenvolvam para atingir seu máximo potencial, além de trabalhar para curar aqueles que foram afetados.

As inscrições para se tornar um parceiro podem ser realizadas diretamente no site do fundo. Depois de submeter um perfil organizacional, o fundo irá analisar os projetos e ações e retornar aos proponentes que respondem positivamente aos seus critérios.

Related news

Casa Familiar voltada à educação de jovens do Baixo Sul da Bahia recebe Prêmio ODS Brasil

A Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf), escola técnica integrada ao Ensino Médio localizada em Nilo Peçanha (BA), foi reconhecida com o Prêmio Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) Brasil após ter sido selecionada entre mais de mil participantes. Apoiada pela Fundação Odebrecht por meio do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS), a Cfaf ficou em 2º lugar na categoria “Instituições de Ensino, Pesquisa e Extensão”.

Fundação FEAC desenvolve projeto para incentivar inserção de jovens com deficiência no mercado de trabalho em Campinas

Capacitar jovens de 16 a 24 anos com deficiência e incluí-los no mercado de trabalho em Campinas. Esse é o objetivo do Projeto Lab Inclusão, da Fundação FEAC. A iniciativa surgiu a partir da reflexão sobre a complexidade do tema e faz parte do programa Mobilização para Autonomia (MOB) da Fundação, que prevê a inclusão da pessoa com deficiência por meio da remoção das barreiras sociais.