Instituto Arcor Brasil lança site em conjunto com Argentina e Chile

O Instituto Arcor Brasil deu início a uma nova fase de sua atuação com o lançamento de um site em conjunto com a Fundação Arcor da Argentina e do Chile. O portal reúne materiais para download, informações diversas, pesquisas e estudos, vídeos e dicas de atividades, tudo voltado à missão da Arcor de contribuir para que a educação seja uma ferramenta de igualdade de oportunidades para a infância.

Thais Cassano de Castro, coordenadora de Investimento Social do Instituto Arcor Brasil, explica que a ideia de reunir três portais independentes surgiu a partir de uma mudança institucional, que propõe um novo conceito de disseminação de informações e conhecimento. “A Arcor na Argentina, no Brasil e no Chile parte dos mesmos eixos e bases estratégicas. Por isso, pensamos: nada melhor do que comunicar de forma única com base nesses eixos, visando sempre a educação e infância”.  

Uma das principais funcionalidades oferecidas pelo site é o “Portal Educativo”. Trata-se de uma área destinada à oferta de cursos de formação contínua voltados para pessoas interessadas na temática da infância, sejam educadores, famílias, instituições de ensino, organizações da sociedade civil (OSCs), entre outros atores.

Já em funcionamento na Argentina e no Chile, a sessão ainda está em desenvolvimento para o Brasil. Segundo Thais, o Instituto está, atualmente, em um momento de pesquisa, planejamento e verificação de quais conteúdos são importantes e relacionados à cultura brasileira. “A plataforma já existe, o que muda é o conteúdo e o idioma. O portal vai funcionar bem na linha do conceito de e-learning, com vários textos, vídeos e possibilidades de interação com o professor tutor”.

As formações serão gratuitas e abertas a todos os públicos. Mas, ao fazer o cadastro na plataforma, cada pessoa será destinada à uma categoria. “Existem materiais voltados mais para a família, outros a docentes, agentes públicos e profissionais que estão vinculados ao tema da infância. Mas todos os cursos são pautados nos nossos eixos e bases temáticas: direito na infância, primeira infância, vida saudável e gestão e sócio-cultural. O objetivo é capacitar cada público nas ferramentas tanto conceituais, quanto metodológicas, visando o aperfeiçoamento da prática e do conhecimento dessas pessoas”, ressalta.  

Apesar de alguns cursos serem mais simples, possibilitando o acesso em qualquer momento, outros apresentam conteúdos mais aprofundados, com a participação de um professor tutor. Nestes casos, os interessados devem atentar-se para as datas de inscrições e de início das formações. Segundo a coordenadora, a meta é ter os cursos em português em funcionamento já em 2019. Aos interessados, é possível participar de cursos da Fundação Arcor da Argentina e do Chile, disponíveis em espanhol.

Outros conteúdos

A plataforma também reúne informações sobre as ações próprias das três instituições, notícias sobre infância, educação, vida saudável, brincadeira e movimento. Todo o material pode ser lido em espanhol e português.  

Na parte de audiovisual, por exemplo, já estão disponíveis vídeos de oficinas, projetos e entrevistas, todos relacionados à temática da infância. Para essa “midiateca”, os materiais são desenvolvidos em quatro linhas: informação e campanhas institucionais; vídeos destinados a pais, mães e adultos responsáveis por crianças; entrevistas para professores, instituições estatais e comunitárias e outros públicos; e materiais sobre brincadeiras, movimento, leitura e artes.

Em “Materiais para download”, são compartilhadas atividades para brincar, cantar ou se movimentar, além de publicações e estudos próprios da Arcor e de instituições articuladas à questão da infância.

Segundo Thais, esse conjunto de ferramentas ajuda os adultos a darem mais importância à infância e ao desenvolvimento que acontece nessa fase da vida. “Os materiais atendem a vários públicos, já que começamos com coisas fáceis e simples, como propostas de brincadeiras. O que vemos atualmente é que as crianças acabam ficando muito tempo na frente do computador, por exemplo. E por acreditar no brincar, o Instituto Arcor espera que essa questão seja resgatada, que exista um equilíbrio entre a tecnologia e o brincar. Nesses vídeos e materiais, existem atividades muito práticas que os pais e os educadores podem utilizar a qualquer momento”.

Related news