Movimento Bem Maior seleciona organizações sociais para receber até 100 mil reais

 

O Movimento Bem Maior tem uma meta grandiosa: transformar realidades, construir um país melhor e dobrar o volume de colaborações em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em dez anos. Uma das estratégias para alcançar esses objetivos é o lançamento da Chamada Pública de Projetos Movimento Bem Maior, que já está com inscrições abertas.

O edital tem como objetivo selecionar 100 projetos de organizações sociais e coletivos não formalizados que tenham pelo menos dois anos de atuação e desenvolvam soluções para problemas e desafios sociais diversos.

Vale ressaltar que as pessoas envolvidas na organização ou coletivo proponente não podem exercer cargo político ou público e nem ter vínculo com qualquer partido político.

No que se refere ao perfil das propostas, elas devem se encaixar em uma das 11 linhas de atuação da chamada: enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes, erradicação da pobreza, educação, esporte, ética na política/civismo, inclusão de pessoas com deficiência, meio ambiente, prevenção à violência, primeira infância, saúde e terceira idade.

Além disso, os projetos devem ser realizados em território nacional e durar no máximo doze meses, com um orçamento que não ultrapasse R$ 100 mil. Esse recurso pode ser usado para ações pontuais, como reformas e compras de equipamentos, ou para despesas recorrentes, como pagamento de salários e infraestrutura, mas não para o pagamento de dívidas ou pendências.  

Votação popular

As 100 propostas pré-selecionadas receberão peças gráficas para divulgação entre sua rede de contatos e serão disponibilizadas no site do Movimento Bem Maior para votação pública, que terá duração de seis dias.

Qualquer pessoa com um CPF pode participar e votar em um projeto de cada uma das 11 linhas de atuação. Ao final do processo, os 50 mais votados serão selecionados para receber até R$ 100 mil.

Inscrições

As inscrições para a chamada podem ser realizadas até 24 de maio pelo site do Instituto Phi, responsável pela gestão do edital, a partir do preenchimento do formulário e envio da documentação solicitada. Os proponentes deverão ainda gravar um vídeo de até dois minutos explicando a missão da organização ou coletivo e um resumo da proposta. A confirmação de inscrição será feita na própria plataforma.

Os resultados tanto da pré-seleção quanto da seleção final serão divulgados no site do Movimento bem Maior e no Facebook e Instagram e estão previstos para final de junho e começo de julho, respectivamente.  

Todas as regras do edital estão no regulamento, disponível neste link. Além disso, o Movimento disponibilizou a aba “Atendimento” da plataforma de inscrição para envio de dúvidas e assistência de segunda a sexta-feira em horário comercial.

O Movimento

Criado por Elie Horn, fundador da Cyrela Brazil Realty; Eugenio Mattar, CEO da Localiza; Luciano Huck, apresentador de televisão; e Rubens Menin, co-fundador e CEO da MRV Engenharia, o Movimento Bem Maior reúne pessoas, organizações e suas respectivas redes que acreditam no poder da união de forças e diferentes tipos de capital para transformar realidades e contribuir para um país melhor.

A plataforma faz curadoria de projetos e instituições e tem como objetivo ser uma “vitrine de possibilidades”, concedendo um selo de qualidade a propostas sérias de diversos setores, de forma a reforçar a cultura da colaboração no Brasil.

Notícias relacionadas