Pesquisa aponta que investidores sociais acreditam ser importante melhorar a entrega de resultados das OSCs

Estudo feito com 215 organizações das cinco regiões do país e 16 investidores sociais revela que 93% dos investidores acreditam ser importante melhorar o processo de entrega de resultados por parte das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) e gostariam de entender melhor o retorno de seus investimentos.

Intitulada “Cenário brasileiro de comunicação entre investidores e projetos sociais”, a pesquisa, realizada pela empresa PeaceLabs, com o apoio do Instituto Legado e da agência Nossa Causa, investiga os principais desafios e dificuldades na relação investidor-organização. Para isso, analisa os canais de prospecção utilizados pelas OSCs, os formatos de entrega de resultados, a periodicidade de interação e transparência de processos com o investidor.

Um dos dados mais alarmantes é o fato de que apenas 5% dos investidores sociais estão satisfeitos com a entrega de resultados das OSCs em que aplicam recursos financeiros. Em consequência, 40% das OSCs afirmam que já tiveram investidores que decidiram descontinuar o financiamento.

As organizações apontam ainda sete grandes desafios na relação com o investidor:

  1. Manter um relacionamento a longo prazo com os financiadores (24,4%)
  2. Definir indicadores (13,4%)
  3. Acompanhar resultados e impacto em tempo real (12,6%)
  4. Ter uma comunicação periódica estruturada (11%),
  5. Gerar relatórios (9,4%),
  6. Justificar o orçamento (7,9%) e
  7. Coletar dados em campo (6,4%).

Obstáculo

Ter tempo para ir a campo é apontado pelos respondentes como a maior dificuldade encontrada no momento de coletar dados de resultado. Logo na sequência, a dificuldade levantada é de definir o que deve ser monitorado. Em terceiro lugar os respondentes trouxeram a dificuldade de desenvolver os instrumentos de pesquisa.

 Saiba mais

Agendas Estratégicas

Notícias relacionadas