Programa Fortalecendo Comunidades para a Construção de Cidades Inclusivas, Resilientes e Sustentáveis faz chamada pública

Estão abertas as inscrições para o Programa Fortalecendo Comunidades para a Construção de Cidades Inclusivas, Resilientes e Sustentáveis. A iniciativa, promovida pelo Fundo Socioambiental CASA, Fundo Socioambiental CAIXA e Fundação OAK, irá apoiar, até o final de 2018, 150 grupos, redes, e/ou movimentos de base comunitária em 10 regiões metropolitanas brasileiras.

A chamada pública integra as ações do Programa CASA Cidades, que tem por objetivo fortalecer o trabalho de organizações e coletivos que têm sido fundamentais para pensar novos caminhos de resiliência e sustentabilidade, e transformar as cidades em territórios de inclusão e convivência para todos.

Cada região poderá ter até 15 projetos apoiados, sendo que em cada uma delas será selecionada uma organização, que atuará como “Articuladora Regional”. Ao fim de cada projeto, a Região Metropolitana deverá apresentar os resultados, por meio de um Estudo de Caso em um Encontro Nacional.

A fim de entender o alcance e interferências promovidos pelos projetos em cada território, o edital prevê a consolidação e monitoramento dos resultados. Para isso, uma organização será selecionada como responsável pelo Observatório de Projetos de Organizações de Base em Ambientes Urbanos.

Este Observatório deverá acompanhar a execução dos projetos das Organizações e Coletivos das Regiões Metropolitanas, juntamente com as Organizações Articuladoras Regionais e o Fundo Socioambiental CASA. Deverá atuar como instrumento facilitador do processo de interação e integração entre todas as organizações que participam e integram o Programa CASA Cidades, fazendo a coleta e divulgação das informações de todos os projetos, compartilhando e multiplicando as experiências de cada um, bem como seus desafios e avanços.

Participe

A inscrição é gratuita, devendo ser realizada no período de 10/10/2017, até às 18:00 horas do dia 10/11/2017 (horário de Brasília). Organizações de Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Vitória, Brasília, Belo Horizonte, Salvador, Recife, São Luiz e Belém, que tenham o foco na temática urbana podem concorrer ao edital, por meio do link.

 

Acompanhe quinzenalmente notícias relacionadas

FacebookTwitterLinkedInGoogle+