Valorizar a vida de forma integral é o propósito da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, novo associado GIFE

 

Referência em alta complexidade em especialidades como Oncologia, Cardiologia e Neurologia, a BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo é o novo associado GIFE.

A Beneficência Portuguesa é uma instituição que conta com quase oito mil colaboradores e mais de três mil médicos, que atendem mais de 1,8 milhões de pessoas por ano em três endereços nos bairros da Bela Vista, na região central da capital paulista, e da Penha, na Zona Leste da cidade. Nesses endereços estão distribuídas as três ofertas hospitalares privadas segmentadas por perfis de público (Hospital BP, BP Mirante e BP Essencial), além do BP Hospital Filantrópico, dedicado ao público do Sistema Único de Saúde (SUS), atendido mediante contrato com a Prefeitura de São Paulo.

Nesses mesmos endereços também são oferecidos os serviços da BP Medicina Diagnóstica, da BP Educação e Pesquisa e do BP Vital, marca voltada às iniciativas sociais da instituição, fundamentadas no conceito de saúde integral.

Arnaldo Bartalo Júnior, diretor-executivo de filantropia da BP, explica que, graças ao novo estatuto social, em vigor desde dezembro de 2018, a instituição passou a adotar um modelo mais abrangente de atuação filantrópica, que trabalha vários determinantes de saúde, indo contra a visão assistencialista de apenas oferecer tratamento quando o paciente já está doente. “Hoje trabalhamos desde a promoção e prevenção em saúde até o pós-alta. Ou seja, não atuamos só com saúde em si, mas também com as condições que eventualmente podem gerar doenças e problemas de saúde.”

Frentes de atuação 

Arnaldo explica que, ao mesmo tempo em que mantém o cuidado assistencial de qualidade para pacientes do SUS, a instituição busca parceiros para projetos com foco na saúde integral. 

No contrato mantido com a Prefeitura de São Paulo por meio da Secretaria Municipal da Saúde, a BP atende pacientes para determinadas especialidades médicas numa oferta hospitalar 100% dedicada a esse público, o BP Hospital Filantrópico, em dois endereços diferentes: os casos de alta complexidade são atendidos no BP Hospital Filantrópico da unidade localizada na Bela Vista e os de média e baixa complexidade no BP Hospital Filantrópico da unidade localizada no bairro da Penha. Nessa unidade também funciona a maternidade, com cerca de 300 partos humanizados realizados por ano. 

Em seu outro braço de atuação, já no novo modelo de filantropia, a BP passa a ter também uma atuação ‘extramuros’ por meio de parcerias e investidores sociais. Um dos projetos que integra essa frente, desenvolvido em parceria com a Prefeitura de São Paulo, tem como objetivo reduzir o prazo de atendimento em hospitais públicos de pacientes com Síndrome Coronariana Aguda (SCA). “Temos trabalhado em parceria com a Prefeitura para promover o diagnóstico correto dessa doença, elaborando um fluxo de emergência mais racionalizado, alinhando protocolos de infecção hospitalar e criando suporte à distância para ajudá-los a resolver casos mais complexos. Com isso, queremos desafogar os hospitais públicos”, esclarece Arnaldo.

Outro projeto social relevante está sendo planejado em parceria com o Instituto Votorantim. Juntas, as duas instituições pretendem atender mais de mil famílias e quase cinco mil pessoas de duas comunidades do bairro da Vila Leopoldina, em São Paulo. Enquanto uma atuará para revitalizar a área e trabalhará para oferecer moradias dignas para a população, a outra apoiará a Prefeitura para oferecer atendimento de saúde de qualidade. 

A instituição oferecerá também um curso sobre endometriose. O executivo da BP explica que a ideia é capacitar médicos da rede pública para que possam fazer um diagnóstico precoce e mais eficiente da doença. 

Além disso, a BP mantém outros projetos, como a formação gratuita para técnicos e auxiliares de Enfermagem. Com mais de cem anos de existência, a escola de Enfermagem da instituição contribui com a formação de profissionais que trabalham na área da saúde como um todo, especialmente na saúde pública. “Nós formamos gratuitamente esses profissionais não só para a BP, mas para o mercado de saúde. O programa é muito importante porque podemos profissionalizar pessoas que, muitas vezes, não têm oportunidades.”

Associação ao GIFE 

O processo de reposicionamento de marca fez com que a BP revisitasse seu propósito, posicionamento e valores, reafirmando sua vocação filantrópica. Segundo Arnaldo, esse foi um dos motivos para a associação da instituição ao GIFE. “O GIFE é referência em investimento social privado e está em linha com o propósito da BP de unir esforços para contribuir com o desenvolvimento do país no setor da saúde por meio da transferência de know-how adquirido na gestão privada para o setor público.”

Notícias relacionadas

Apoio institucional