Fundação Via Varejo divulga Relatório de Atividades de 2018

A Fundação Via Varejo divulgou seu Relatório Anual de atividades em duas versões: português e inglês. Em um formato interativo, o leitor verá toda a atuação da Fundação em 2018 e as ações realizadas para alcançar seu objetivo de contribuir para a transformação social do Brasil.

No total, foram destinados R$ 2,4 milhões de recursos próprios a iniciativas que beneficiaram mais de 103 mil pessoas. Neste ano, o pilar de empreendedorismo foi estruturado com a priorização de projetos de capacitação de microempreendedores de periferias e deram continuidade ao Programa Casas Bahia na Comunidade, que busca promover o desenvolvimento local a partir da co-construção de iniciativas em rede, com engajamento e articulação de organizações de acordo com necessidades específicas de cada comunidade, impactando mais de 37 mil pessoas com essas atividades.

Além dos projetos mencionados, o Agente+, programa de voluntariado da Via Varejo, completou um ano e contou com 8.090 participações voluntárias que beneficiaram mais de 22 mil pessoas.

“Nessa edição, reafirmamos nosso compromisso de nos dedicarmos às pessoas, fomentar os seus negócios e fortalecer suas comunidades, por meio de apoio a projetos que valorizam a cultura e o empreendedorismo local”, declara Natália Menezes, Gerente da Fundação Via Varejo. “Os resultados alcançados impulsionam para avanços ainda maiores em 2019. Nosso desafio permanente é contribuir com a construção de uma sociedade menos desigual, ampliando o impacto positivo de projetos capazes de abranger mais pessoas e promover a sua realização como cidadãos e como parte de sua comunidade”, completa Natália.

Confira o relatório completo em https://www.viavarejo.com.br/wp-content/uploads/2019/04/FVV_RA_2018_digital.pdf

Notícias relacionadas

Projeto “Grafite na Via” é realizado em Santo Amaro

No sábado, 2, a Fundação Via Varejo realizou o “Grafite na Via” em duas lojas da Casas Bahia, em Santo Amaro – São Paulo. A iniciativa tem o objetivo de reconhecer os artistas locais, que deixam seu legado cultural nas lojas da companhia e integrar a comunidade do entorno com os colaboradores da loja. 

Apoio institucional