Projeto inclusivo da Fundação Volkswagen prevê impactar 6 mil alunos em 2018

Brincar é um direito previsto na Declaração Universal dos Direitos da Criança, aprovada pela Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em 1959. No Brasil, também está definido na Constituição Brasileira, no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e no recente Marco Legal da Primeira Infância, de 2016.

Por meio do brincar, a criança conhece melhor a si mesma, ao outro e o mundo ao seu redor, fortalecendo vínculos e o desenvolvimento de competências essenciais.

Por toda essa importância, a Fundação Volkswagen atua para que o brincar cumpra, também, outro papel essencial: o da inclusão, independentemente das condições físicas, intelectuais ou sociais das crianças, especialmente no início da trajetória escolar, ou seja, a pré-escola.

Assim, o projeto Brincar, que faz parte do pilar de Educação da Fundação e é realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME-SP) e a OSCIP Mais Diferenças, tem como objetivo contribuir para o fortalecimento da qualidade da educação, em uma perspectiva acessível e inclusiva e que envolve a comunidade escolar e as famílias dos alunos.

Em 2018, estão previstas ações em 13 escolas, de todas as Diretorias Regionais de Educação de São Paulo (SP), impactando 6 mil estudantes da rede pública, entre eles crianças com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades e superdotação.

São realizadas atividades de formação e acompanhamento das práticas pedagógicas, mobilização e oficinas, além da entrega de kits com brinquedos e jogos para todos, livros referenciais para educadores e publicações e filmes infantis em diferentes formatos acessíveis para as unidades participantes.

Para 2018

Neste ano, o planejamento do projeto Brincar mantém-se articulado às prioridades e demandas da SME-SP, prevendo a sistematização das experiências com os profissionais das escolas envolvidas e a criação de espaços de intercâmbio.

“Pensar em inclusão é pensar em todos os envolvidos com a criança na escola. O Brincar constrói uma perspectiva bastante significativa para professores e famílias que, além de receberem informação, também vivenciam atividades e experiências inclusivas”, relata Silvana Lucena dos Santos Drago, diretora da Divisão de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo.

Com isso, a Fundação Volkswagen reforça sua vocação de mover pessoas pelo conhecimento, gerando mudanças e transformando potenciais em realidade. Para mais informações sobre essa e outras iniciativas da Fundação, acesse: www.fundacaovolkswagen.org.br.

Notícias relacionadas