Iniciativas da Colômbia, Guatemala e República Dominicana são finalistas da categoria internacional em premiação brasileira

 

Prêmio Fundação Banco do Brasil identifica soluções do Brasil e da América Latina a cada dois anos

O Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social, considerado um dos principais do terceiro setor no Brasil, divulgou a lista dos finalistas da edição de 2019. As três tecnologias internacionais são da Colômbia, Guatemala e da República Dominicana.

Representando a Colômbia a tecnologia finalista foi Programa Ondas Atlántico para la Generación temprana de Vocaciones Cientificas, da Universidad Simón Bolívar, da cidade de Barranquilla. A iniciativa estimula o pensamento científico, tecnológico e inovador em crianças e jovens das instituições de ensino de áreas rurais e urbanas do Departamento de Atlântico. A ideia é aplicar projetos pedagógicos que possibilitem a participação dos estudantes em pesquisas científicas, além de desenvolver espaços de treinamento e apropriação do conhecimento científico e da pesquisa.

A tecnologia da Guatemala é Las Compras Públicas para un Modelo territorial de Comunidades Indígenas Maya-Ch-órti, desenvolvida pela Asociación para el Desarrollo Integral de Productores del Área Chórti´, localizada na cidade de Chiquimula. O projeto visa melhorar o padrão de vida das comunidades indígenas tornando-as as principais fornecedoras de gêneros alimentícios para as escolas públicas da região. A iniciativa também combate a desnutrição infantil, melhora o aproveitamento de recursos naturais e educa sobre boas práticas agrícolas.

Já representando a República Dominicana a iniciativa finalista foi Escuelas Ambientalmente Sostenibles y Cultura 3R, do Instituto Nacional de Bienestar Estudantil (Inabie), sediada na capital Santo Domingo. A iniciativa promove a consciência ambiental e hábitos de gestão de resíduos sólidos em suas escolas e suas casas. Os 3 R representam reduzir, reciclar e reutilizar resíduos sólidos. Será aplicada uma metodologia nas escolas, identificando como é feito o manejo de resíduos e otimizando o processo, com a participação dos alunos.

As metodologias reconhecidas como soluções capazes de causar impacto positivo e efetivo na vida das pessoas, já foram implementadas em âmbito local, regional ou nacional e são passíveis de serem reaplicadas no Brasil.

As três finalistas internacionais e as 21 brasileiras ganharão um troféu e um vídeo retratando a iniciativa. Além disso, as proponentes serão convidadas a participar do Encontro de Tecnologia Social, a ser realizado em Brasília (Brasil), antecedendo a noite de premiação das vencedoras , prevista para outubro.

Para o presidente da Fundação Banco do Brasil, Asclepius Soares, o reconhecimento internacional garante mais visibilidade para a iniciativa. “Nosso objetivo é transformar a vida das pessoas por meio do reconhecimento e da reaplicação de tecnologias sociais que já deram certo em diversas localidades. Aproximamos a sabedoria popular ao conhecimento técnico para proporcionar o desenvolvimento social em escala”, explicou.

Nesta edição, o Prêmio Fundação BB de Tecnologia Social tem a parceria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Instituto C&A, Ativos S/A e BB Tecnologia e Serviços, além da cooperação da Unesco no Brasil e apoio da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Ministério da Cidadania, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Conheça todas as 24 tecnologias sociais finalistas

Confira a lista das 123 tecnologias sociais certificadas

Notícias relacionadas

Relatório de Atividades da Fundação BB apresenta resultados sociais de 2018

Nesta quarta-feira, 27 de março, a Fundação BB divulga o Relatório de Atividades de 2018. O documento traz a prestação de contas do último exercício e contempla as principais realizações e projetos. O documento integra a prestação de contas anual da instituição, destacando as realizações do investimento social, o planejamento estratégico e a gestão interna. É também um importante instrumento de comunicação com a sociedade.

Mulheres que atuam na Agroecologia irão receber premiação especial no Prêmio de Tecnologia Social da Fundação BB

Uma das principais premiações do terceiro setor no país, organizada pela Fundação Banco do Brasil, está com inscrições abertas até o dia 21 de abril para receber propostas do Brasil, da América Latina e do Caribe. O Prêmio Fundação BB de Tecnologia Social reconhece e certifica iniciativas como boas práticas  e que podem ser reaplicadas em todas as localidades do país.

Apoio institucional