Mais novo associado ao GIFE, Instituto Verdescola atua em educação e cultura no litoral paulista

Educar e formar pessoas para que tenham autonomia para a vida. Essa é a missão do Instituto Verdescola, que acaba de se associar ao GIFE. 

Eleito uma das 100 Melhores ONGs de 2018, o Instituto se localiza e atende a comunidade da Vila Sahy e região (Juquehy, Baleia Verde, Boiçucanga, Cambury, Boracéia, Barra do Una e Maresias), em São Sebastião, no litoral norte do estado de São Paulo. Criada em 2005 por Maria Antonia Civita, inicialmente a organização foi situada em São Paulo e atendia crianças na Praça Victor Civita, no bairro de Pinheiros. 

Marcelo Mirabelli, diretor executivo do Instituto Verdescola, explica que a militância de Maria Antonia na área ambiental e a percepção de que era preciso atuar também em educação para que as pessoas aprendessem a preservar o meio ambiente levou a organização a São Sebastião em 2008, quando recebeu a doação de um terreno da Prefeitura local para a construção de sua sede. 

Em quase nove mil metros quadrados, 3.500 são de área construída, contendo salas para reforço escolar, cursos, aulas de inglês, robótica, artes, música e vídeo, laboratórios de informática, física, química e fotografia. Toda a estrutura permite o atendimento de mais de 1.200 alunos, com 800 refeições servidas diariamente. 

Público  

As crianças da Educação Infantil e Ensino Fundamental 1 e 2 frequentam o Instituto no contraturno escolar. Em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de São Sebastião, a Escola Municipal de Educação Infantil Sonho de Criança foi instalada no espaço do Verdescola e a maior parte dos alunos frequenta as atividades promovidas pelo Instituto, que focam no desenvolvimento das capacidades cognitivas, emocionais e motoras, além de estimular a criatividade, autonomia e consciência socioambiental. 

Para os estudantes do Ensino Fundamental I e II, a prioridade são as aulas de reforço. “O começo do nosso trabalho foi com educação porque acreditamos que aprender português e matemática é o que vai mudar a vida dessas crianças. A ideia do Verdescola é complementar a educação das escolas municipais”, explica Marcelo. 

Já para do Ensino Médio, a parceria com o Centro Paula Souza possibilita duas opções: a Escola Técnica Estadual (ETEC), com cursos técnicos em Cozinha, Administração e Nutrição e Dietética, ou o Ensino Técnico Integrado ao Médio (ETIM), com curso técnico em Eventos e Administração. 

O Instituto também atende a adultos. Em parceria com o SESI São Paulo, oferece Educação de Jovens e Adultos (EJA). Com o Senac, oferece cursos como Auxiliar Administrativo, Técnico em Comércio, Recepcionista em Meios de Hospedagem e Zeladoria. Por fim, em parceria com a organização Capim Santo, oferece curso básico em Gastronomia. 

Pilares de atuação

A atuação do Instituto é dividida em cinco pilares: direitos da criança e do adolescente, biodiversidade e sociodiversidade, socioeducação e qualificação profissional e cultura e esporte, todos eles abrangidos pelo projeto Núcleo Socioeducativo. 

No âmbito de cultura, por exemplo, está o projeto Fazer Teatral, que a partir de oficinas de Artes Cênicas, Fotografia e Audiovisual, visa despertar o interesse pela arte e ampliar o repertório cultural e a visão de mundo dos estudantes. 

Já o pilar de esportes engloba os projetos Verdesporte e Vivavolei. Enquanto o primeiro usa jogos, recreação, vôlei e futebol para trabalhar habilidades como resiliência, protagonismo, responsabilidade, trabalho em equipe, liderança e outras, o segundo conta com parceria da Confederação Brasileira de Vôlei para ensinar os fundamentos do esporte a crianças e jovens. 

Dentro do pilar biodiversidade, os estudantes têm contato com a horta e o minhocário. A coleta, separação e registro de resíduos orgânicos do almoço servido pelo Instituto também é acompanhada pelos estudantes, de forma a aprenderem sobre desperdício de alimentos e reaproveitamento de lixo orgânico.  

Associação ao GIFE 

Marcelo explica que a associação ao GIFE se deve ao movimento do Instituto de se aproximar e conhecer mais o ecossistema do Investimento Social Privado (ISP). “O Instituto Verdescola já tem onze anos de caminhada. Considerando que alguns dos nossos parceiros já são associados ao GIFE, entendemos que seria importante fazer parte da rede para conhecer e participar mais e principalmente aprender como lidar com direitos de crianças e adolescentes, por exemplo, além de saber as novidades do setor. É uma forma bem bacana de aprender e nos reciclar.”

Notícias relacionadas

Apoio institucional