Pernambuco sedia novo projeto em educação

A iniciativa pretende criar um ambiente escolar harmonioso por meio de ações educativas e socioculturais no município de Goiana

Nos últimos 10 anos, a Fundação Banco do Brasil investiu cerca de R$ 255 milhões em educação em todo o país. Só no estado de Pernambuco foram mais de R$ 14 milhões aplicados em 294 projetos de 37 municípios, beneficiando cerca de 30 mil pessoas.

Agora, a Fundação BB se une à Fiat Chrysler Automóveis (FCA) e a ONG AVSI Brasil, para desenvolver o projeto Vozes Daqui, que atuará por meio de ações educativas e socioculturais e beneficiará cerca de 450 alunos do ensino fundamental 2, 25 professores e gestores escolares, além de 40 lideranças e moradores da comunidade, do município de Goiana (PE).  O projeto pretende despertar e aprimorar o interesse de alunos e da comunidade pelo ambiente escolar e terá duração de três anos.

A parceria foi firmada na quinta-feira (18), em Brasília. Na oportunidade, o presidente da Fundação BB, Asclepius Soares, ressaltou a importância da união das três instituições a favor da educação. “Sabemos que o problema da educação não se resolve de um dia para o outro. Mas  uma parceria importante com a Fiat Chrysler Automóveis e com a AVSI,  vem para valorizar a escola e o professor.Assim a comunidade ajuda a construir um futuro melhor”, declarou.

Ao todo, o Vozes Daqui vai receber investimento social de aproximadamente R$ 1,5 milhão durante o período de execução, e as ações estão programadas para o início do mês de agosto. Serão desenvolvidas atividades de mobilização e identificação de alunos e professores; pesquisa e diagnósticos participativos sobre o ambiente escolar, a história e cultura de Goiana; capacitações e formações por meio de oficinas educativas e da Educomunicação (uso das mídias na educação); implantação de projetos de melhoria escolar, além de ações sistemáticas e permanentes de monitoramento e avaliação.

Para Fernão Silveira, diretor de comunicação Corporativa e Sustentabilidade da FCA, a expectativa é das melhores. “Estamos todos com o coração aquecido e com as expectativas muito altas, porque estamos unindo três grandes nomes: a Fundação BB, a FCA e a AVSI. Queremos tornar as comunidades protagonistas da mudança social por meio da educação e temos certeza do impacto positivo desta iniciativa que vai transcender os alunos da rede municipal de ensino de Goiana. Vai se expandir pela Zona da Mata Norte e contagiar Pernambuco. O começo está sendo fantástico e estamos muitos animados em colocar esse projeto em pé”, afirmou.

O vice-presidente e diretor territorial da AVSI Brasil, Jacopo Sabatiello destacou a importância de trabalhar com alianças diversificadas, setoriais e multilaterais, já que a parceria pretende valorizar as diversidades, as diferentes capacidades, recursos humanos, tecnológicos, técnicos e financeiros de todos os envolvidos. “Com a participação de mais atores, o resultado é muito maior do que a soma da contribuição que cada um poderia dar individualmente. O último Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS), o número 17 da ONU,  foca na parceria e implementação de alianças estruturadas por meio das ferramentas jurídicas, metodológicas, financeiras e técnicas que possam responder de forma integrada à complexidade dos problemas que hoje temos que enfrentar”, avaliou.

“Nossos projetos sociais são potencializados pelas parcerias e essas três instituições se unem com o mesmo propósito: demonstra o real compromisso social com a educação que pode ser transformadora para professores e alunos tornando-os protagonistas. Temos bastante expectativa nesse projeto que vai ser bem importante para população local, destacou João Pinto Rabelo Júnior, vice-presidente de Governo do Banco do Brasil.

Notícias relacionadas

Relatório de Atividades da Fundação BB apresenta resultados sociais de 2018

Nesta quarta-feira, 27 de março, a Fundação BB divulga o Relatório de Atividades de 2018. O documento traz a prestação de contas do último exercício e contempla as principais realizações e projetos. O documento integra a prestação de contas anual da instituição, destacando as realizações do investimento social, o planejamento estratégico e a gestão interna. É também um importante instrumento de comunicação com a sociedade.

Mulheres que atuam na Agroecologia irão receber premiação especial no Prêmio de Tecnologia Social da Fundação BB

Uma das principais premiações do terceiro setor no país, organizada pela Fundação Banco do Brasil, está com inscrições abertas até o dia 21 de abril para receber propostas do Brasil, da América Latina e do Caribe. O Prêmio Fundação BB de Tecnologia Social reconhece e certifica iniciativas como boas práticas  e que podem ser reaplicadas em todas as localidades do país.

Apoio institucional