A produção de conhecimento do GIFE em 2021

Além dos conteúdos produzidos no âmbito do redeGIFE, 2021 foi um ano movimentado na produção de conhecimento sobre a atuação do investimento social privado.

A jornada começou com o encerramento do 11º Congresso GIFE – cuja síntese dos debates foi publicada no documento Horizontes e prioridades para filantropia e investimento social no Brasil -, e terminou com a publicação da nova edição do Censo GIFE, considerada umas das principais pesquisas do setor.

Confira a seguir.

Censo GIFE 2020

Realizado desde 2001, o estudo bienal fornece um panorama sobre recursos, estruturas, agendas de atuação e estratégias de empresas, institutos e fundações associadas ao GIFE. Na 10ª edição, as 131 organizações respondentes mobilizaram 5,3 bilhões de reais. Saiba mais aqui e acesse a publicação na íntegra neste link.

Congresso GIFE

Em razão da pandemia, a 11ª edição do Congresso GIFE adotou o formato remoto com uma programação ampliada, que teve início em agosto de 2020, com a Semana do Investimento Social, e se estendeu até março deste ano, com um evento online de encerramento de três dias, que contou com lives, oficinas colaborativas e momentos de interação e troca entre atores do investimento social e da filantropia, do setor público e de organizações da sociedade civil (OSCs), que puderam compartilhar visões acerca dos principais temas, desafios e oportunidades que se projetam para o próximo ciclo de atuação do setor. Todas as atividades podem ser conferidas no site do Congresso e a síntese do conhecimento resultante desse amplo debate pode ser conferida na publicação Horizontes e prioridades para filantropia e investimento social no Brasil. Saiba mais aqui.

O que o Investimento Social Privado pode fazer por…?

Em 2021, três novos conteúdos foram lançados no âmbito da série O que o Investimento Social Privado pode fazer por…?. A iniciativa do GIFE contempla temas urgentes e relevantes da agenda pública nos quais a atuação do setor se dá de forma ainda tímida.

Em maio, a plataforma ISP pela Amazônia foi inaugurada com o objetivo de trazer reflexões e apontar caminhos para aprofundar o engajamento da filantropia e do investimento social privado na conservação e no desenvolvimento inclusivo e sustentável da região. Leia.

No mesmo mês, o guia O que o ISP pode fazer pela Democracia? foi lançado com o intuito de apoiar investidores sociais que tenham interesse em iniciar ou fortalecer sua atuação no tema. A publicação apresenta informações sobre contexto, tendências, desafios e possibilidades de ações na agenda. Confira.

Em junho, foi a vez d’O que o ISP pode fazer por Ciência e Informação?, que expõe a situação das áreas em meio à uma das mais graves crises sanitárias da história recente. Assim como nos outros guias, a proposta da publicação é incentivar atores do campo a iniciar ou fortalecer sua atuação no tema. Saiba mais.

Série – Conhecimento Emergência

Além de um ambiente de articulação e colaboração entre as organizações do investimento social privado durante a pandemia, a iniciativa Emergência Covid-19 – Coordenação de ações da filantropia e do investimento social em resposta à crise se tornou uma plataforma que reúne e sistematiza informações e conhecimento sobre a atuação do campo em resposta à crise.

Ao longo de 2020, o projeto coordenou uma série de pesquisas a fim de coletar evidências relacionadas aos modos de ação e a temas relevantes para o desenvolvimento do setor para fomentar avaliações e reflexões sobre as ações da filantropia, do investimento social privado e da sociedade civil em relação à pandemia no Brasil.

Uma série de reportagens do redeGIFE retratou os aprendizados reunidos em cada um dos estudos. Confira:

  • O que a pandemia nos contou sobre doar

A pesquisa aponta os caminhos percorridos pela cultura de doação brasileira a partir da situação de emergência e seus impactos. Saiba mais aqui e acesse o estudo na íntegra neste link.

  • Uso de dados no setor social: aprendizados na pandemia e caminhos para a interoperabilidade

O estudo analisou as principais características e desafios durante a pandemia. Saiba mais aqui e acesse o estudo na íntegra neste link.

  • O papel e o protagonismo da sociedade civil no enfrentamento da pandemia da Covid-19 no Brasil

A publicação traça um panorama da atuação das organizações da sociedade civil (OSCs) e da filantropia brasileira a fim de compreender tendências frente à crise de Covid-19. Saiba mais aqui e leia o estudo na íntegra neste link.

  • A Covid-19 e o registro de doações corporativas para OSC no Brasil: um raio-X durante a pandemia em 2020

O artigo traz detalhes sobre os registros do Monitor das Doações Covid-19, da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR). Saiba mais aqui e acesse o estudo na íntegra neste link.

  • Filantropia corporativa no Brasil: uma análise das doações empresariais em meio à pandemia da Covid-19

O estudo analisa os padrões das doações empresariais e seus impactos dentro das próprias organizações filantrópicas. Saiba mais aqui e acesse o estudo na íntegra neste link.

  • Filantropia e investimento social na pandemia: respostas, aprendizados e reflexões sobre o futuro

Além dos cinco artigos, a produção de conhecimento a respeito da atuação do investimento social privado em resposta à pandemia envolve o quarto volume da série Temas do Investimento Social, que analisa a resposta imediata do campo da filantropia e do ISP à emergência desencadeada pela Covid-19 no Brasil, bem como desafios comuns, adaptações no modo de fazer e aprendizados alcançados. Saiba mais aqui e leia o estudo na íntegra neste link.

  • Pesquisa Emergência Covid-19: levantamento de dados e informações da resposta da filantropia e do investimento social privado no enfrentamento à pandemia

Entre os meses de junho e setembro de 2020, uma pesquisa coletou dados da atuação de investidores sociais no enfrentamento dos efeitos da pandemia, cujos destaques são trazidos neste infográfico. Confira neste link.

Artigos GIFE

A publicação seriada traz reflexões e análises de pesquisadores brasileiros de diferentes áreas do saber com o objetivo de estimular, ampliar e disseminar a produção de conhecimento qualificado sobre o campo. Em 2021, cinco volumes foram lançados:

  • Categorias e fatores de motivação para o voluntariado: aspectos pessoais, profissionais, sociais e ideológicos

A publicação debate os motivadores que afetam a intenção de continuar o voluntariado. Leia. 

  • Avanços e desafios na implementação do MROSC em entes subnacionais: os casos de Bahia e Belo Horizonte

O artigo aborda a implementação do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (Lei 13.019/14), que estabelece as relações de parceria estabelecidas entre poder público e organizações da sociedade civil. Confira. 

  • Retorno do investimento social privado: desafios, oportunidades e limitações de mensuração pela ótica do investidor

Estudo de caso sobre projeto de geração de renda realizado em Sobral (CE), integrante de programa gerido pelo Instituto Votorantim. Acesse.

  • Os entraves às doações no Brasil: reflexões sobre a legislação do ITCMD

Por meio de análise da legislação brasileira a respeito do Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação, o artigo busca compreender como a tributação sobre as doações impacta as OSCs, especialmente sob a perspectiva de sua sustentabilidade financeira e fortalecimento institucional. Entenda.

  • Construção de capacidade para inovação social em organizações da sociedade civil: um framework conceitual

O artigo discute a implantação de capacidade nas rotinas de gestão, relacionamento e cultura organizacional das OSCs e seu vínculo com a sua capacidade de inovação. Saiba mais. 

Notas Técnicas

A série Notas Técnicas publica obras curtas e objetivas para estimular o debate de conceitos, oferecer orientações técnicas e detalhamentos sobre modos de fazer, buscando responder questões relevantes e práticas sobre o campo da filantropia e do investimento social. Em 2021, a série publicou quatro novas edições:

  • Mensuração de resultados e impactos ESG

A nota apresenta reflexões e aprendizados do setor da filantropia e do investimento social privado no que diz respeito ao monitoramento, avaliação e aprendizagem e sua articulação com a temática ESG, sigla para Environmental, Social and Governance. Acesse neste link.

  • Gestão estratégica para equidade racial

O percurso para uma gestão estratégica da equidade racial, com suas dimensões de procedimentos, pode ser mais bem compreendido por meio desta nota técnica. Leia. 

  • Elementos da comunicação de causas

Esta edição aborda o uso da comunicação de forma estratégica, o que a permite fazer as provocações necessárias para que a causa chegue aonde precisa chegar. Confira

  • Investimento social privado e gestão pública: aprendizados sobre mudanças sociais

O propósito desta nota técnica é apresentar propostas e reflexões contemporâneas sobre indução de transformações sociais diante de desafios públicos complexos, visando maior impacto, escala, previsibilidade e legitimação social para essas abordagens e seus agentes. Leia neste link.

Produções multimídia: Podcast GIFE

Ainda na trilha da produção multimídia, o conhecimento audiovisual ganhou força com novos episódios do Podcast GIFE. Confira:

  • Série Fronteiras Coletivas

Quais são os desafios e as prioridades para a filantropia e para o investimento social no Brasil nos próximos anos? No último episódio da série, Neca Setubal, presidente do Conselho da Fundação Tide Setubal, e José Marcelo Zacchi, ex-secretário-geral do GIFE, fazem uma síntese dos assuntos abordados ao longo dos oito meses do 11º Congresso GIFE e avaliam os próximos passos do setor. Ouça aqui.

  • Série Especial redeGIFE

Com a participação de representantes do setor e especialistas, o terceiro e o quarto episódios da série debatem, respectivamente, os desafios e as oportunidades para uma atuação estratégica do investimento social e da filantropia no tema conectividade e a relação do investimento social privado com a pauta ESG e de investimentos e negócios de impacto. Ouça aqui.

  • Série Avaliação

Novos episódios publicados em 2021 discutem a avaliação a partir de diferentes perspectivas: para o fortalecimento das OSCs; em iniciativas de geração de trabalho e renda; e em projetos socioambientais. Ouça aqui.

Apoio institucional